Google+ Badge

terça-feira, 7 de agosto de 2012

Gilmar Mendes investe contra Wikipédia e "blogs sujos"

O cara-de-pau, dentre muitas outras coisas que ele é e faz, não se considera, por exemplo, o líder da oposição.

        O ministro e juíz do STF, Gilmar (Peçonha) Mendes pediu à Polícia Federal abertura de inquérito contra a enciclopédia virtual, que incluiu no seu verbete dados de reportagens da revista Carta Capital; Gilmar Mendes também pretende proibir anúncios de estatais em sites que o criticam, como os de Paulo Henrique Amorim e Luís Nassif.

ELE É, SEM SOMBRA DE DÚVIDA, A HERANÇA MALDITA DE FHC. OU VOCÊ  DUVIDA?

        247 – O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, acaba de comprar uma briga que ainda vai dar muito pano pra manga. Segundo informa o blog do jornalista João Bosco Rabello, do Estado de S. Paulo, ele pediu à Polícia Federal que abra investigação contra a Wikipédia, enciclopédia virtual, feita de forma colaborativa, que produziu um verbete a seu respeito.

        Nele, Gilmar é tratado de forma predominantemente respeitosa (leia aqui o perfil completo), mas a Wikipédia também incluiu dados de reportagens que o criticam, especialmente de Carta Capital. Leia abaixo:

Denúncias veiculadas na Carta Capital e nunca, jamais repercutidas na  imprensa comercial e privada

       Em matéria de 2012, Carta Capital veiculou diversas denúncias contra Gilmar Mendes.[63] Nela, Mendes é acusado de sonegação fiscal[64], de ter viajado em aviões cedidos pelo ex-senadorDemóstenes Torres,[65][66] de intervir em julgamentos em favor de José Serra.[67][68][69], de nepotismo,[70] e testemunho falso ao relatar uma suposta chantagem do ex-presidente Lula para que adiasse o processo do Mensalão para depois das eleições municipais de 2012.[71][72] A revista repercute acusações de certos movimentos sociais[quem?] dele ser o "líder da oposição", de estar destruindo o judiciário e de servir a interesses de grandes proprietários. Mendes porém volta à afirmar não ser o líder da oposição.[73]

       No dia 31 de maio de 2012, o PSOL protocolou uma representação na Procuradoria Geral da República contra o ministro Gilmar Mendes questionando a conduta do magistrado em relação às denúncias de que teria sofrido pressão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para adiar o julgamento do mensalão.[74] A representação se encontra em curso.

        Em setembro de 2010, a reportagem da Folha de S. Paulo presenciou uma ligação de José Serra para Gilmar Mendes.[67] Segundo o jornal, José Serra teria ligado para Gilmar Mendes para pedir o adiamento de uma votação sobre a obrigatoriedade de dois documentos para votar (julgamento de ADI pedida pelo PT).[67] Gilmar Mendes foi acusado de nepotismo por[quem?]

        Em março de 2012, a Folha de S. Paulo revelou que a enteada do ministro Gilmar Mendes é assessora do senador Demóstenes Torres. Segundo a Folha, especialistas afirmaram que o caso poderia ser discutido no âmbito da regra antinepotismo porque súmula do STF impede a nomeação para cargos de confiança de parentes de autoridades dentro da "mesma pessoa jurídica".[75]

        Em uma conversa entre o senador Demóstenes Torres e o bicheiro Carlinhos Cachoeira, gravada pela Polícia Federal durante a Operação Monte Carlo, o parlamentar afirma a Cachoeira ter obtido favores junto ao ministro Gilmar Mendes para levar ao STF uma ação envolvendo a Companhia Energética de Goiás (Celg).[76] Considerada a "caixa preta" do governo de Minas, a Celg estava imersa em dívidas que somavam cerca de R$ 6 bilhões.[76] Segundo reportagem do Estadão, Demóstenes Torres disse a Cachoeira que Gilmar Mendes conseguiria abater cerca de metade do valor com uma decisão judicial, tendo "trabalhado ao lado do ministro para consegui-lo".[77] O ministro Gilmar Mendes também foi acusado por Carta Maior - O portal da esquerda de ter relações com o contraventorCarlinhos Cachoeira e seu amigo Demóstenes Torres. O ministro porém negou ter viajado em avião de Cachoeira e apresentou documentos que, segundo ele mesmo, desmentem tais acusações.[78]

       O ministro foi acusado em abril de 2011 pelo seu ex-sócio e ex-procurador-geral da República Inocêncio Mártires Coelho por desfalque e sonegação fiscal. Mendes recebeu, a seu favor, um parecer assinado pelo advogado-Geral da União, Luís Inácio Adams, o qual valida o despejo de Mártires Coelho do cargo de gestor do IDP. O denunciante deu o processo por encerrado em troca da quantia de R$ 8 milhões.[79]

        Paulo Lacerda, ex-diretor da Policia Federal e da Abin, envolvido no escândalo dos grampos da Operação Satiagraha, foi acusado por Gilmar Mendes de estar "assessorando" o ex-presidenteLula. Lacerda acusou, em retorno, Mendes de mentir e dizer leviandades.[80] A Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (ADPF) manifestou solidariedade a Paulo Lacerda.[8

        Em razão da crítica, Mendes pediu a investigação. Segundo ele, o verbete de uma enciclopédia deve ter caráter informativo – e não ideológico. Paralelamente, o ministro do STF também pedirá ao procurador-geral da República, Roberto Gurgel, que investigue os valores dos patrocínios de empresas estatais aos chamados “blogs sujos”. Seus principais alvos são os sites dos jornalistas Paulo Henrique Amorim e Luís Nassif, que, segundo ele, atacam as instituições democráticas – e o veto, segundo ele, não fere a liberdade de expressão. É uma guerra inglória, que poderá transformar o ministro do STF em alvo constante da blogosfera.

  




6 comentários:

Máximo R. de Souza disse...

APESAR DE TODO ESFORÇO, E PRESSÃO DA P.I.G.! O povo (75.7%) que não tem voz na P.I.G.! NÃO SE DEIXA MANIPULAR FACILMENTE! Qualquer ser humanao RACIONAL E PENSANTE, sabe que o Gilmar Mentis, o Roberto Gurgel, e o Peluso são CARTAS MARCADAS no STF, na PGR; e nas mangas do FHC, SERRA, PSDB, P.I.G.! Só os RETARDADOS MENTAIS; analfabetos POLITICOS e os FANATICOS eleitores (corruptos) do Serra que ainda apoiam estes srs. (HERANÇA MALDITA), que ainda permaneçem como CANÇER no STF e PGR! Já passou da hora do senado eliminar este CANÇER (Gilmar, Gurgel, Peluso) da nação brasileira!

Carlos Alexandre Farias disse...

É isso aí Máximo. O Gilmar Mendes é um golpista e faz sim oposição ao governo. E é juíz!

Tula Baroni disse...

VA CUIDAF DA.SUA VIDA QUE DEVE ESTAR U GILMAR VAO BANIR AQUELE.CANDALUSMI CHAMADO EWIKIPRDIA . BANFO HACKERS QUE CRIAM.LINKS FALSOS PRA DOFAMAR OS FAMOSOS. SE RASGIE

Tula Baroni disse...

MUITA GENTE ESTA PROCESSANDO. ESSE SITE DE BIOGRAFIAS FALSAS.QUALQUER
VANDALO POFE ESCREVER ABSURDOS MUDAM DWTA DE NADCIMENTO DETURP FATOS . OS EDITORES NAO PASSAM HACKERS QUE CRAIM LINKS.FALSOS PRA DIFAMAR. O MINISTRO VAI FRRRUBAR ESSE SOTE VAI SER BANIDO FA INTERNET. E VAMOS AJUDAR ISSO ACINTECER CIM CAMPANHAD. JA QUE.A JUSTIÇA NO.BRASIL É FALHA.

Tula Baroni disse...

MUITA GENTE ESTA PROCESSANDO. ESSE SITE DE BIOGRAFIAS FALSAS.QUALQUER
VANDALO POFE ESCREVER ABSURDOS MUDAM DWTA DE NADCIMENTO DETURP FATOS . OS EDITORES NAO PASSAM HACKERS QUE CRAIM LINKS.FALSOS PRA DIFAMAR. O MINISTRO VAI FRRRUBAR ESSE SOTE VAI SER BANIDO FA INTERNET. E VAMOS AJUDAR ISSO ACINTECER CIM CAMPANHAD. JA QUE.A JUSTIÇA NO.BRASIL É FALHA.

Tula Baroni disse...

VA CUIDAF DA.SUA VIDA QUE DEVE ESTAR U GILMAR VAO BANIR AQUELE.CANDALUSMI CHAMADO EWIKIPRDIA . BANFO HACKERS QUE CRIAM.LINKS FALSOS PRA DOFAMAR OS FAMOSOS. SE RASGIE