Google+ Badge

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

ROCK AMOR



ESPAÇO BICO DE PENA — Blog Palavra Livre

 24/10/1989

Amor, vou beijá-la,
Vou lambê-la,
Vou chupá-la...
Vou!

Até você ficar com as faces quentes.
Escorrerei ternura em seu sangue
Até chegar à realidade do teu ventre.

E, como aranha macho, sentir dor!

Vou dizer que você é caliente...
Também proferirei suspiros de amor.
Beijarei tua boca, teus seios, tuas coxas,
E, não mais do que de repente,
gritar: (que um dia) o Rock acabou!

Davis Sena Filho

Um comentário:

Clarissa disse...

Belo poema. Tenho acompanhado seu blog político e dedicado a defender nosso Brasil de uma direita cruel. Gosto muito do seu blog, mas você poderia também publicar mais poemas. Um abraço.