Google+ Badge

sexta-feira, 3 de junho de 2016

Merval Pereira é o “Sujismundo” do jornalismo golpista de O Globo

Por Davis Sena Filho – Palavra Livre


Merval Pereira se considera jornalista. Ledo engano. Ele, na verdade, é um militante político de direita, bem como um criado de "luxo" da família Marinho, que o tem como um capitão do mato amestrado e utilizado, dentre outras coisas, para fazer o trabalho sujo das Organizações(?) Globo, pois considerado um empregado fiel, como o é um cão de guarda sempre atento para defender o patrimônio e os interesses de seus donos.

Merval, para o bem da verdade, lembra muito o "Sujismundo" do início da década de 1970, em pleno Governo Médici, personagem de uma campanha de limpeza urbana promovida pela ditadura civil-militar, que, além de preocupada com a sujeira das ruas das cidades, também promovia uma "limpeza" ideológica, a matar os adversários do regime, bem como a prendê-los, torturá-los e exilá-los, sendo que no último caso se o preso conseguira fugir, a ser protegido pelo anonimato.

O tal jornalista de direita, que fez dois livros baseados em compilações de seus medíocres artigos, porque totalmente compromissado com os interesses de seus patrões, é também membro da Academia Brasileira de Letras (ABL). Seu ingresso na instituição lambedora de botas da grande burguesia e de governos ditatoriais como, por exemplo, dos militares, é devido à influência da família Marinho, que não poderia ficar sem a cadeira na Academia da Casa Grande anteriormente ocupada por Roberto Marinho, o pai dos três irmãos golpistas que estão envolvidos em mais um golpe contra a democracia, o Estado de Direito e os interesses do povo trabalhador brasileiro. Poder-se-ia dizer que é uma questão de DNA ou simplesmente um vício incontrolável em derrubar presidentes trabalhistas.

Merval assumiu a cadeira cativa e pertencente às Organizações(?) Globo, a escrever dois livros mequetrefes e dedicados a esculhambar com o Lula. Vejam só, até para se dar bem na vida, esse moço, um pobre coitado no que diz respeito à sua humilhante servidão para obter status, posição social e profissional, assim como ser reconhecido pelos plutocratas, transforma-se em um Sujismundo, a ter o Lula, político trabalhista que ele odeia tanto quanto seus patrões, como sua pedra angular para o jornalista se dar bem na vida. Este é o Merval!   

Agora o editorialista de O Globo, com presença garantida na Globo News quando esta precisa que alguém manipule e distorça as verdades factuais das realidades que se apresentam, está envolvido com seu novo trabalho, que tem por finalidade cooperar com o governo usurpador e bastardo do Amigo da Onça, vulgo michel temer (o nome do golpista espúrio é sempre escrito em minúsculo) e, por sua vez, fazer com que o golpe travestido de legítimo e legal não seja derrotado no Senado daqui a poucos meses.

Merval Pereira, ou seja, o Sujismundo, cada vez mais consegue surpreender a ele mesmo, por intermédio de seu jornalismo de esgoto, que não respeita a verdade e os acontecimentos. Ele somente não surpreende quem não espera nada de nobre por parte dele. O jornalista vive de suas elucubrações políticas, como se vivesse em um mundo à parte, fantástico e, portanto, desprovido de realidade, porque Merval é a pantomima de si mesmo, ao ponto de acreditar nas mentiras que publica, sem qualquer senso crítico e respeito à verdade. O que vale é confundir para que o público, de preferência composto por coxinhas, apoie suas teses e embarque na canoa furada do golpe, juntamente com os irmãos Marinho.

A verdade nua e crua, o que importa é atender seus patrões, que são o próprio DNA deste golpe de 2016 e dos acontecidos nos últimos 91 anos, quando O Globo, em 1925, surgiu como um câncer para infernizar a vida do brasileiro, bem como contrariar os interesses do Brasil em prol dos países colonizadores e a favor da burguesia nacional inquilina e dona da casa grande, que se beneficiou da escravidão durante 388 anos.

Merval é Merval, e está aí para fazer seu trabalho de manipulação, distorção e se, possível, baseado em mentiras. Simples assim, ainda mais quando está em jogo a derrota dos golpistas no Senado, que tomaram de assalto, como se fossem ladrões de pedestres, a Presidência da República, hoje ocupada por um "presidente" sem voto, ilegítimo e pária perante a comunidade internacional e milhões de brasileiros.

Merval luta contra os fatos, porque a verdade para ele não importa, porque tratada como detalhe menor. Ele é ficcional e força a barra para que parte do conteúdo de seu texto sofrível e digno dos desatinados ratifique ou valide as manchetes mentirosas e golpistas de O Globo, que não se importa em enganar o público e a sociedade, porque, irremediavelmente, comprometido com o golpe e, com efeito, não tem como mais voltar atrás. Ou vai ou racha! É por aí... Mesmo a prejudicar de morte o País.

Merval é peça dessa engrenagem espúria e sórdida que promove o golpe e contamina o Brasil. Ele é o Sujismundo, de forma que ficasse incumbido de escrever o texto que sustenta a manchete de hoje de O Globo: "Esquema da Petrobras pagou as despesas pessoais de Dilma". Uma manchete que visa desqualificar, desconstruir e destruir a imagem, a moral e a honra de Dilma Rousseff, bem como rebaixá-la como ser humano no que concerne à sua integridade como pessoa humana.

O que importa, na realidade, é que a mandatária seja deposta pelo Senado para que michel temer, o político mais desleal e oportunista que já tive o desprazer de ver, além de se tratar de um dos principais traidores da história do Brasil, continue no poder e imponha ao povo seu programa vampiresco de essência privatista e neoliberal, que foi derrotado pelas urnas soberanas quatro vezes. Volto a ressaltar.

A manchete escrota de O Globo não bate com o conteúdo, com o corpo da notícia. Não referenda. E aí é que entra o Merval com o jornalismo de esgoto praticado há muitos anos por sua empresa midiática, que finge fazer jornalismo, mas que na verdade se trata de um partido político de direita e não oficial, mas poderoso, ao ponto de efetivar golpe contra autoridades eleitas e que não cometeram crime de responsabilidade, como é o caso de Dilma Rousseff.

Merval, a praticar o "jornalismo" de ilusionismo, disse que haveria indicações de que trocas de e-mails não rastreáveis revelariam que o Conselho de Administração da Petrobras (Dilma presidia o Conselho na época), quando foi comprada a refinaria de Pasadena, bancou despesas pessoais da presidenta reeleita pelo PT com 54,5 milhões de votos.

Merval, ou o Sujismundo, afirma: "Já existem documentos em posse da Procuradoria-Geral da República que revelam que a presidente afastada, Dilma Rousseff, tinha conhecimento do teor das negociações envolvendo interesses políticos na compra da refinaria de Pasadena, antes da reunião do Conselho de Administração da Petrobras que aprovou o negócio.

Os envolvidos na venda de Pasadena trocavam mensagens em uma rede de e-mails do Gmail que não era rastreável, pois as mensagens ficavam sempre numa nuvem de dados, sem serem enviadas. Numa dessas mensagens, na véspera da reunião decisiva, há a informação de que “a ministra” já estava ciente dos arranjos dos advogados..

Em outras mensagens, há informações sobre pagamentos de itens pessoais da presidente pelo esquema montado na Petrobras, como o cabeleireiro Celso Kamura, que viajava para Brasília às custas do grupo. Cada ida de Kamura custava R$ 5 mil. Há também indicações de que um teleprompter especial foi comprado para Dilma sem ser através de meios oficiais, para escapar da burocracia da aquisição".

Agora, vamos à pergunta que insiste, pois teimosa, em não se calar: Quem são as fontes dessa historieta mequetrefe e rastaquera mal contada? Respondo: o depoimento de Nestor Cerveró, ex-diretor da Petrobras, realizado e vazado há dois anos. Merval, além de ser um medíocre jornalista, porque jornalismo ele não faz e nunca fez, manipula e distorce a verdade em um contorcionismo digno de astro de circo. Árdua a função desse moço de alma pequena e repleta de más intenções.

O leitor e cidadão atento, que não deixa que façam sua cabeça, perceberá facilmente que Cerveró, para sair da cadeia como muitos outros presos pelas masmorras do juiz de província, Sérgio Moro do PSDB do Paraná, entrega até a mãe e os filhos. O leitor verá que Cerveró, um ladrão confesso do dinheiro público, na verdade, permitiu-se deduzir que Dilma “deveria saber que políticos do PT recebiam propinas da Petrobras".

E continua o texto mal intencionado de O Globo, que depõe contra sua própria manchete manipuladora e covarde: "(...) Cerveró pondera que não teve conhecimento de nenhum pedido de propina feito por Dilma. Que o declarante SUPÕE que Dilma Rousseff sabia que políticos do Partido dos Trabalhadores recebiam propina oriunda da Petrobras; que, no entanto, o declarante nunca tratou diretamente com Dilma Rousseff sobre o repasse de propina, seja para ela, seja para políticos, seja para o Partido dos Trabalhadores. Que o declarante não tem conhecimento de que Dilma Rousseff tenha solicitado, na Petrobras, recursos para ela, para políticos ou para o Partido dos Trabalhadores" -- conforme a delação de Cerveró.

O nível do texto de Merval Pereira -- o Sujismundo -- é tão baixo que parece ter sido escrito em um pardieiro, com todo o respeito que os pardieiros merecem. Não é possível praticar tanta leviandade e aleivosias. Inaceitável. Um jornalista de certa idade a se submeter dessa forma tão vil e ordinária para satisfazer seus patrões, que estão pouco se lixando para o povo brasileiro, como sempre se comportou a família Marinho.

Além disso, Dilma, quando presidente do Conselho, juntamente com os demais membros, sempre negou saber das cláusulas desfavoráveis à Petrobras, pois escondidas pelos executivos da estatal responsáveis pela análise da compra de Pasadena. Considero que Merval Pereira deveria pedir para sair. O editorialista é o Sujismundo do jornalismo golpista de O Globo. É isso aí.


18 comentários:

Noá Alcântara disse...

Muito bom! Você disse tudo o que eu penso sobre esse Merval, um lacaio dos Marinho. Ótimo texto para repercutir.

Jorge Marcelo disse...

Davis Sena Filho se considera jornalista. Ledo engano. Ele, na verdade, é um militante político da esquerda caviar, bem como um criado de "luxo" da família Rousseff, que o tem como um capitão do mato amestrado e utilizado, dentre outras coisas, para fazer o trabalho sujo da Organização(?) Petralha, pois considerado um empregado fiel, como o é um cão de guarda sempre atento para defender o patrimônio e os interesses de seus donos.

Davis Sena Filho, para o bem da verdade, lembra muito o "Cascão" do fim da década de 1980, em pleno Governo Sarney, personagem de uma campanha de limpeza urbana promovida pela ditadura PT/PMDB, que, além de preocupada com a sujeira das ruas das cidades, também promovia uma "limpeza" ideológica, a matar os adversários do regime, bem como a prendê-los, torturá-los e exilá-los, sendo que no último caso se o preso conseguira fugir, a ser protegido pelo anonimato.

Bento Lisboa disse...

Jorge Marcelo, vagabundo, doeu, seu sem vergonha, as críticas ao Merval? Você é um merda mesmo. Coxinha sem caráter. Psicopata fdp.

Horácio Peralta disse...

Esse Merval não vale o que come. O talentoso articulista fez um raio X de um dos jornalistas patronais que está diretamente comprometido com o golpe, que tem tudo pra ser revertido. Parabenizo o articulistá, que mais uma vez e de forma objetiva e lúcida mostrou a verdade dos fatos. Ainda bem que existe a imprensa progressista na internet.

Berto Guimarães disse...

Esse Jorge Marcelo é um poço de inveja e burrice. Se mata fdp. Até parece que o articulista está muito preocupado com suas agressões gratuitas e pessoais. O Davis não te bloqueia é para mostrar o verme, o homem de caráter e inteligência menor que você é.

Flávio Medeiros disse...

Ótimo artigo. Merval é lixo como os coxinhas e os Marinhos golpistas. Artigo de impacto e já repercutido pelas redes sociais.

Bené disse...

Davis, o Merval Pereira é um dos pilares do golpe. Inclusive mancomunado com Gilmar Mendes, o juiz golpista e tucano partidário do STF. Seu acesso a informações em segredo de Justiça é proveniente de Gilmar Mendes e outros de menor influência que agem no Judiciário, como procuradores e delegados da PF. Eu sei de seu conhecimento sobre a questão, mas reforço e ratifico que no Brasil houve um golpe e lutamos para reverte-lo. Adorei seu artigo. Mais um. Saudações socialistas e trabalhistas.

Paulo Blanc disse...

Esse tal de Jorge Marcelo é um bundão. Nunca escreveu nada que preste. Não tem talento e nem conhecimento. Se trata apenas de um coxinha reacionário, direitista e que apóia qualquer vagabundo golpista pra chegar o poder. Um lixo humano cujo destino é a lixeira.

Paulo Blanc disse...

Esse tal de Jorge Marcelo é um bundão. Nunca escreveu nada que preste. Não tem talento e nem conhecimento. Se trata apenas de um coxinha reacionário, direitista e que apóia qualquer vagabundo golpista pra chegar o poder. Um lixo humano cujo destino é a lixeira.

Maisa Gomes disse...

É isso aí, Davis, não é Merval. O correto é MerDal. Mais um artigo brilhante e de se perder o fôlego. Abraço.

Unknown disse...

Bem, Davis Sena insiste em defender que uma esquizofrênica, que faz uso de fortes medicamentos tarja preta, denunciada por vários delatores (Delcidio, Cerveró, João Santana e esposa e agora, até o queridinho da patroa, Marcelo Odebrecht) como co participante da maior roubalheira aos cofres públicos já vista nesse país, sofreu golpe. Mau caráter, insiste nesse disco arranhado, obviamente preocupado com seus pixulecos. Não é a toa que gente como Davis, PHA, Paulo Moreira Leite, Paulo Nogueira, Paulo Nogueira e outros pertençam a chamada esgotosfera, pois defendem atualmente os "mesmos maus feitos" (adoro esse eufemismo barato da "presidanta") que antes atacavam, quando realizados por FHC e PSDB. Seguem a risca o esquerdopata Lenin, quando disse, "acuse os adversários do que você faz, chame-os do que você é”.

TUCANALHA FDP disse...

Unquinau, esquizofrênicA é tua mãe, que pôs um débil mental e golpista safado neste mundo como você!

TUCANALHA FDP disse...

Você, unquinau, não passa de um fascista mau caráter.

Carlos Blatt disse...

Tucanalha FDP, você esqueceu de chamá-lo de burro.

TUCANALHA FDP disse...

Sim, Carlos. É verdade. O lixo e verme do Unquinau é burro, mas burro, muito burro demais!

Jorge Marcelo disse...

Esse tal de Paulo Blanc é um peidão. Nunca fez nada que prestasse. Não tem talento e nem conhecimento. Se trata apenas de um petralha corrupto, esquerdista e que apoia qualquer vagabundo petista pra chegar o poder. Um lixo humano cujo destino é a lixeira.

Paulo Blanc disse...

Jorge Marcelo, você é um lixo, analfabeto funcional e político. Apesar do "tem" e do "erro" de digitação. Hehehe

Marcos Lúcio disse...

Brilhante e inconteste, como sempre...se formos minimamente lúcidos, bem informados e brasófilos. Nada a excluir ou a acrescentar. Resumo do Merdal:"O editorialista é o Sujismundo do jornalismo golpista de O Globo. É isso aí".