Google+ Badge

sexta-feira, 22 de junho de 2012

RETRATO DE ROSA

ESPAÇO BICO DE PENA — Blog Palavra Livre



Encontro-me na varanda apetecida
À minha frente um jardim de rosas
É o sangue escarlate da vida
O véu refletido na noiva aurora

Há uma mistura de fragrância sonora
No olor da rosa encanecida
E concluo que a vida ardilosa
É a mágoa que se torna enraivecida

Ouço sua prosa terna
A tepidez que meu peito encerra
O veludo da sua voz de brisa

A rosa é como um sorriso de promessa
Um anjo com asas de pétalas
A plenitude do espírito sem ferida

Davis Sena Filho — Amambai/MS — 19/01/1982

Um comentário:

Nelânia Carvalho Resende de Moura disse...

Olá, uma excelente noite para vc!!

Amei: "a plenitude do espírito sem ferida"

Saudações plenas!

Nelânia