Google+ Badge

domingo, 3 de junho de 2012

O TEMPO DO HOMEM

ESPAÇO BICO DE PENA — Blog Palavra Livre

 Salvador Dali

Long, long, long time...
Is this the quest?
Qual é senão a questão do tempo,
a não ser me transformar em ilusão?
Para quê tanta paixão, questão das
minhas muitas dores e poucos prazeres?
O tempo apenas me moldou, com o inefável
objetivo de arrefecer a minha paixão e me
preparar para um futuro mais racional,
muito peculiar à própria morte.

A compreensão e aceitação de que o homem
o é e sempre o será inviável.
A experiência da vida aborta a minha
paixão e me faz homem atormentado, às
vezes resignado.
Long, long, long time...
What’s the question?
Minhas questões são premeditadas,
 porque desconhecem o destino.

Davis Sena Filho — 16/11/1994


Um comentário:

Celina Albuquerque disse...

Poema admirável de um poeta que se recusa a publicá-los em livro. Poeta de grandeza e compreensão da vida.