Google+ Badge

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Os dez jornalistas mais burros e reacionários do Brasil

Blog Palavra Livre
Via Blog do Saraiva
Juremir Machado da Silva


É hora dos prêmios de 2012. A divulgação sai mais cedo porque tudo pode acabar dia 12 de dezembro. A lista dos mais burros e reacionários deu trabalho aos julgadores. É muito difícil encontrar um jornalista de opinião política na grande mídia brasileira que não seja burro, reacionário ou as duas coisas. Eu sou burro e reacionário. Mas sou insignificante. A comissão julgadora não me classificou entre os mil primeiros em reacionarismo. Já em burrice eu poderia ter um lugar melhor. Eis a lista dos grandes vencedores:
1 – Merval Pereira
2 – Reinaldo Azevedo
3 – Ricardo Noblat
4 – Eliane Cantanhede
5 – Arnaldo Jabor
6 – Lauro Jardim
7 – Boris Casoy
8 – Ferreira Gullar
9 – Ricardo Setti
10 – Olavo de Carvalho 

Olavo de Carvalho, ao menos, parece honesto e leu alguns livros. É incrível como Arnaldo Jabor vem perdendo terreno. Qualquer um consegue, hoje, ser mais burro e reacionário do que ele sobre qualquer assunto. 

O Rio Grande do Sul está por baixo. Apesar de quase todos os seus colunistas serem reacionários, o Estado não consegue emplacar um só entre os dez primeiros. Sem dúvida, um despretígio para o nosso jornalismo.

Nossos colunistas mais reacionários têm sido ultrapassados em conservadorismo até por figuras inexpressivas como Lauro Jardim, editor de notinhas, volta e meia mentirosas ou milimetricamente sacanas e ardilosas, da revista Veja.

O grande destaque é mesmo Merval Pereira cuja burrice garantiu-lhe um lugar na Academia Brasileira de Letras sem jamais ter um escrito um só livro. Logicamente a revista Veja emplaca o maior número de destaque na categoria. 

Ferreira Gullar é um caso de escola, um exemplo de como um grande poeta de esquerda pode se transformar num cronista idiota de direita. Custei a perceber a qualidade de alguns nos quesitos em questão. 

Como não sou poste, mudei de posição sobre eles quando, enfim, entendi que eram figuras relevantes em se tratando de burrice e reacionarismo. Eu não poderia ser injusto com eles. 

Há outros, conhecidos, que tentam entrar na lista dos dez mais destacados, mas, apesar do esforço, ainda lhes falta profundidade. Boris Casoy é o mais burro e reacionário da televisão.


Todos os citados aqui receberão, por mérito próprio, sem necessidade de cotas, dois prêmios em 2012: Medalha Lacerdinha e Troféu Jair Bolsonaro. Parabéns a todos pela brilho no obscurantismo e na estupidez. 

Se alguma injustiça tiver sido cometida pela omissão de algum nome fundamental, a comissão julgadora está disposta a ampliar a lista de agraciados com os troféus mais cobiçados e bem pagos do Brasil.

PS: Eu acrescento ainda à lista, como prêmio especial de burrice e reacionarismo, os jornalistas William Waack, Míriam Leitão, Alexandre Garcia, Dora Kramer e Renata Vasconcelos. Augusto Nunes, de Veja, e Diogo Mainardi, ex-Veja, tem, evidentemente, lugares de honra ao lado de seu colega de pasquim golpista, o ultradireitista Reinaldo Azevedo. (DSF)

17 comentários:

Carla Maddrid disse...

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK!!!!

celvio disse...

Davis: eles não são nada burros. São mesmo é safados e maus caracteres. Abs Célvio

groxo disse...

Fico com o Celvio. O que eles são mesmo é SAFADOS!!! E muito Safados...Boris e Jabor nem na lata de lixo.

Anônimo disse...

Esse texto é de Juremir Machado da Silva, em seu blog do jornal Correio do Povo (Rede Record), e os comentários do seu blog mostraram como é reacionário e burro, também a maioria do público que le aquele jornal, pois saiu em defesa dessa corja mencionada aí.

flávio cunha

Davis disse...

Flávio, o republiquei via Blog do Saraiva e não constava o autor.
Obrigado, Davis.

Anônimo disse...

Desculpe minha ignorância ou estranhamento ao ler:
"Olavo de Carvalho, ao menos, parece honesto e leu alguns livros". Acontece que tive vários "arranca rabos" com este "coiso" na época em que ele assinava uma coluna no JB (quase cancelei assinatura, reclamei mas, em tempo, a coluna sumiu).

Quando e onde ele é ou foi honesto? Para mim ele encabeçaria a sua lista com a qual corroboro.Reproduzo comentários (não meus para não parecer mera implicância) com os quais concordo,
Perdão pelo excesso, mas ainda penso que ele merece rs...
Abraço
Marcos Lúcio

Marino Gomes disse:

Se uma pessoa lhe diz que o céu é roxo com bolinhas amarelas e não azul você continuaria a lhe dar atenção por mais um ínfimo instante? Creio que não, correto?

Olavo de Carvalho diz que hóstias se transformam em sangue o tempo todo, no mundo todo, com provas inumeráveis (que pena que não são muito divulgadas, um simples vídeo no Youtube bastaria). Ele também diz que os casos de pedofilia na ICAR são fruto de uma sabotagem da KGB, que infiltrou padres veados nas Igrejas(como se isso fosse necessário). A prova disso é um “livro de 1000 páginas” (ele adora livros de 1000 páginas porque eles não podem ser lidos tão pouco averiguados). Ainda no campo metafísico, Enrrolavo de Carvalho diz que a vida pós-morte está arquiprovada (usando o mesmo argumento ad-populum das visões de UFOs), que a posição dos astros influenciam na escolha das profissão dos indivíduos, que crânios de crianças se colam na frente de todos, que “Nossa Senhora de Fátima” apareceu sobre uma árvore e fez o Sol pular no céu em Paris (imagine os resultados gravitacionais devastadores que este gracejo causaria no Sistema Solar – bem, não seria muito perto de engravidar sem transar).

Para não dizer que seu tacanhismo e carolismo inacreditáveis sejam apenas uma faceta de sua personalidade doentia, as mesmas teses humorísticas se estendem ao campo do domínio científico (vale ressaltar que Olavo de Carvalho afirma que a Ciência não tem absolutamente nada a dizer sobre a realidade, mas apenas a percepção inata do indivíduo, tirando suas demências alucinógenas causadas por um cérebro defeituoso do escrutínio da fisiologia). Neste campo, Enrrolavo já desmontou a Inércia de Newton (que era burro, segundo Enrrolavo). Já provou que a Teoria da Evolução das Espécies é impossível, pois ele leu outro livro de 1000 páginas escrito por um médico hindu (!) – Enrrolavo adora fontes exóticas – que prova que a Evolução não aconteceu porque ainda existem peixes com patas e porque os crocodilos estão iguaizinhos há centenas de milhares de anos, dentre outros argumentos fantásticos)

Enrrolavo, modesto, não quis afirmar que a Teoria da Relatividade, formulada por Einstein com colaboração fundamental da geometria de Rieman dentre outras fontes, está completamente errada. Mas ele não se furtou em dizer que esta teoria lhe parece uma “empulhação (outra palavra que ele adora) elegante”. E sua modéstia não para aí: Beato de Carvalho concorda que a Física Quântica é uma grande descoberta da Ciência, porém não se animem! A descoberta pertence a “Santo” Tomás de Aquino. Sim, o Doutor da Igreja já conhecia a dualidade onda-partícula, a burrice ocidental pós-moderna é que impediu que Heisenberg e Planck dentre outros, tivessem percebido isto antes.

Enrrolavo de Carvalho fazia mapas astrais por correspondência e cobrava. Sua carreira na charlatanice não começou ontem. É coisa antiga. Se um charlatão contaminado por uma credulidade infantilóide quer agora dar aulas de filosofia, física, matemática (ah, os infinitos de Cantor… refutados pelo nosso astro-filósofo!), geologia, biologia, metafísica e o caralho a quatro, tudo batido e misturado numa alquimia tosca e chamar isso tudo de “filosofia”,que comprem os otários. Vão fazer um cursinho de Consciência Epistemológica de Vida Após Morte e Quiromancia do Tarô lá na Virgínia. E aproveitem e vão à puta que vos pariu. Otário nunca faltou no mundo.

Anônimo disse...

Olavão foge do hospício e aparece na Folha

Miguel do Rosário


Não lhes aconselho a ler o artigo de Olavo de Carvalho, publicado hoje na Folha. Francamente, eu não devia nem lhe dar atenção. Minha breve carreira de analista de mídia, todavia, já me ensinou a não subestimar nem esnobar ninguém, sobretudo os próceres do conservadorismo tupi. Eu uso essa intimidade, chamando-o de Olavão, porque já briguei tanto com ele em minha trajetória – essa um pouco mais longa – de blogueiro de esquerda, que sinto aquele carinho exótico de um oficial de guerra por outro. Isso não me impede, porém, de desprezá-lo profundamente. A ele e às suas ideias. A ele, porque ele é o protótipo da desonestidade intelectual. Às suas ideias, porque são positivamente fascistas, além de esquizofrênicas. Vamos organizar:

Desonestidade intelectual. Em seu artigo na Folha, Olavo ensaia uma breve história intelectual da USP. Começa razoavelmente. A partir do segundo parágrafo, todavia, vemos os primeiros espamos da grave e melancólica epilepsia ideológica de que sofre o filósofo. Seu erro nasce, como aliás é tão comum em acadêmicos, da arrogância e esquematização com que trata fenômenos históricos, políticos e mesmo psicológicos. Mas os delírios realmente assustadores (maior característica do Olavão) ainda estão por vir.
O paroximo da esquizofrenia olaval se mostra a partir do oitavo parágrafo, quando afirma que “bilionários globalistas passam a patrocinar movimentos esquerdistas por toda parte”. É uma afirmação completamente desvairada.
Aí já temos um espetáculo deprimente: um filósofo brasileiro berrando insanidades como um louco furioso num jornal de grande circulação nacional. Sem a mínima preocupação de ater-se à realidade, Olavo repete seus conhecidos chavões de que a mídia brasileira é esquerdista.
Conclui o artigo dizendo que todo mundo no Brasil é esquerdista, aprova o uso de maconha na USP e simpatiza com os radicais de ultra-ultra-esquerda que ocuparam a reitoria. Todos partilham da “Ideologia”. Todos: deputados, senadores, professores, reitores, ministros de Estado e empresários de mídia. Sem explicar muito bem que sinistra ideologia seja essa, o leitor é fatalmente levado a pensar que deve ser alguma variação particularmente maligna do esquerdismo contemporâneo. Olavo esqueceu, porém, de mencionar, dentre os que sofrem dessa doença, garis, astrofísicos, jogadores de sinuca, viciados em crack e representantes da indústria de tecidos.
Olavão agora é presidente do Inter-American Institute for Philosophy, Government and Social Thought, um nome bonito para associação dos fascistas brasileiros doentes mentais que vivem de esmolas do Tea Party.

Eu uso uma linguagem particularmente agressiva com Olavo porque conheço a figura. Durante anos, ele tinha uma coluna no jornal O Globo, e era idolatrado por escritores analfabetos politicamente. Então um dia fui à biblioteca do CCBB e li seus livros. Ele é ainda mais doente, rancoroso e delirante em seus livros. A pretexto de falar de filosofia, ele simplesmente faz um proselitismo ideológico vagabundo, onde a sigla PT aparece mais do que o nome de qualquer pensador. Lembra até o Nietzsche da última fase, já louco por causa da sífilis, xingando os cristãos por páginas a fio, mas sem o talento literário do alemão, e substituindo os cristãos por petistas.

E Olavo usava seu espaço na mídia, praticando todo o tipo de pilantragem intelectual, para perseguir covardemente aqueles com os quais ele discutia na internet. É, definitivamente, um crápula.

Olavo de Carvalho afirma que Conselho Mundial das Igrejas percente à KGB. Ele é muito mais doente do que até eu imaginava. Coitado…do "Vilósofo", Enrrolavo de Carvalho...na verdade, um filosfastro asqueroso.
http://www.youtube.com/watch?v=is8MJ-1p6ck&fe…

Anônimo disse...

Pois é, e vc não vale meia unha encravada de nenhum deles.

Anônimo disse...

Em que consiste a burrice dos respectivos "direitistas", se o são de fato, é coisa que passou longe do texto. Na verdade é esse o expediente típico do esquerdista, berrar, xingar, bater e assassinar (a História mostra isso muito bem) em lugar de refutar argumentos; mesmo os textos copypasta dos comentários só servem a este intento. Bons tempos idos da esquerda, onde havia aquele esplendoroso Graciano Ramos... hoje blogs como este são a representação máxima de seu pensamento. Lamentável.

Milton Lourenço Santana disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Milton Lourenço Santana disse...

O senhor Olavo de Baralho é fã da Madame de Ferro Margaret Thatcher mentora do neoliberalismo, que acabou com às leis trabalhistas no Reino Unido. Como este cidadão fuma e fala asneira!!!

Anônimo disse...

Davi Sena Filho, e vc está no topo da lista dos esquerdistas. Eu poderia dizer: dos esquerdistas mais burros, mas, isso seria um pleonasmo, certamente.

Moisés disse...

Será que esse imbecil de pai e mãe sabe o que é pleonasmo?
Vagabundo se esconde no anonimato é o próprio pleonasmo.

Flavio Roberto disse...

Boa Resposta!! Parabéns!!

Flavio Roberto disse...

Concordo que o Olavo de Carvalho perca a paciência com estes esquerdistas pilantras que não sabem lhe dar com oposição. Quem conhece a esquerda, e a verdade sobre ela não pode deixar de se opor. Dizer que o Olavo de Carvalho leu alguns livros, vc está de brincadeira. Quantos livros o Sr. leu, Juremir Machado da Silva?? Somente no início do texto já se percebe a desonestidade.

ANTI-MOFO disse...

Vai tomar no miolo do seu cu, olavete filho da puta.

Anônimo disse...

CCBB,
Vc é da Santa Igreja Católica?