Google+ Badge

segunda-feira, 5 de setembro de 2016

*temer, o Golpista, é tratado como pária na China e Lex Luthor continua a fazer o que sabe fazer: dar porrada!

Por Davis Sena Filho — Palavra Livre

*michel temer — o político pigmeu — está no lugar reservado aos ilegítimos, aos traidores e aos golpistas. Os governantes sabem disso, porque diferenciam Lula e Dilma de tal desditosa peçonha, cuja alcunha é Amigo da Onça. 
*michel temer é *Golpista. Todo mundo sabe disso, inclusive os recém-nascidos, os midiotas de pai e mãe e os extraterrestres, assim como as autoridades do G-20, que se reuniram na China e que, na foto oficial da reunião de cúpula, o *Usurpador Traidor ficou distante, em um canto, sozinho, como se tivesse sido separado do evento, como uma bola que é jogada por um defensor de time de futebol para escanteio. *temer foi tratado como pária na China, enquanto Alexandre de Moraes — o Lex Luthor da Justiça — distribuía bombas, cassetadas e borrachadas nos protestos da oposição do "Fora temer!", em São Paulo, onde viceja uma direita subalterna ao Tio Sam.

*temer não tem jeito. Golpistas não têm jeito, porque são golpistas e, consequentemente, são antagônicos à verdade, bem como disfarçam as realidades que se apresentam com muita hipocrisia e cinismo, porque é necessário dissimular, manipular e mentir, para que suas ações e seus atos criminosos, a exemplo do golpe de estado contra Dilma Rousseff e seus 54,5 milhões de eleitores, sejam amenizados e, "quem sabe — assim pensa o *temer — esquecido com o passar do tempo".

Entretanto, o Amigo da Onça, o mordomo da plutocracia internacional e das oligarquias nacionais não perde por esperar, porque as manifestações vão crescer e as contestações nos tribunais superiores e as denúncias aos diferentes fóruns internacionais e nacionais de que o impeachment contra a presidenta, que não cometeu crimes de responsabilidade, foi uma farsa histórica e arquitetada por todos os derrotados nas eleições de 2014.

A farsa que também teve a participação dos coxinhas de classe média, que se calaram quando perceberam que o governo de direita de *temer quer prejudicar os trabalhadores e retirar garantias e direitos trabalhistas, previdenciários e constitucionais, que há décadas beneficiam também os profissionais da classe média tradicional de origem universitária — a mão de obra especializada das empresas da burguesia ou dos cargos importantes do setor público, mas que adora dar tiro no pé, porque de direita, a pensar, equivocadamente, que faz parte da casta dos ricos, além de ser, indubitavelmente, analfabeta política.

*temer é a vergonha do Brasil e seus ministros igualmente golpistas são completamente distantes das realidades da população e dos interesses do Brasil, quando tomam o poder de assalto e dão início, de forma predatória, extremamente violenta e em curto espaço de tempo ao desmonte do Estado, à extinção ou ao enfraquecimento dos programas de inclusão social, em todas as áreas, desde o Ciência sem Fronteira ao Bolsa Família, além de destruírem a engenharia brasileira de base, bem como os programas estratégicos militares e de infraestrutura, assim como dar fim às políticas de conteúdo, que exigiam o repasse científico e tecnológico por parte dos estrangeiros ao Brasil que, porventura, quisessem vender, por exemplo, aviões ou submarinos.

O governo de *temer é realmente assombroso, de uma força reacionária pouco vista na história do Brasil, sendo que o golpe dessa gente bananeira e descompromissada com a Nação não precisou de intervenção armada. E tudo isto com a cumplicidade e a aquiescência do STF, da PGR, da PF e de varas de primeira instância, como a do juiz Sérgio Moro, que dará continuidade à sua sanha contra Lula, por intermédio de ações persecutórias, sem se importar com provas, fatos e com a narrativa das realidades, de forma que o líder de esquerda e político trabalhista não possa concorrer às eleições de 2018.

Além desse processo mais do que cansativo, que desde as manifestações de 2013 infernizam a rotina brasileira, o País ainda tem de enfrentar autoridades golpistas, a exemplo do ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, um bate-pau dos interesses da casa grande, que sempre deu porrada em movimentos contrários ao seu grupo político e ideológico personificado no PSDB, a ser em passado próximo o secretário de Justiça do Governo Geraldo Alckmin, um governador de extrema-direita, acusado de ser da Opus DEI e que está a tratar com repressão e opressão às manifestações e protestos que ocorrem em São Paulo.

Trata-se do DNA de Alexandre de Moraes — o Lex Luthor —, um político sem qualquer brilho, sensibilidade social e popular, que há muito tempo considera os movimentos de esquerda e as reivindicações de trabalhadores e grevistas como se fossem casos de polícia. É o que esse sujeito sabe fazer e foi o que ele fez em São Paulo, a reprimir com mão de ferro quem ouse fazer oposição contra os tucanos, a mando de seu chefe, o governador Geraldo Alckmin, um dos principais algozes da democracia, do estado de direito e da liberdade de expressão, principalmente quando se trata de seus opositores.

*michel temer é um político veterano e ficha suja. Ele está inabilitado para concorrer eleições. Portanto, ele não pode ocupar cargos eleitorais, a não ser o de presidente, o que se torna uma ironia da vida, pois era vice-presidente e a lei da ficha suja não o pega. Todavia, o que importa para um indivíduo golpista como este, que apunhalou, tal qual a Brutus, a presidente da República, que o convidou para formalizar uma chapa. Só que *temer, um completo inconsequente, devolve-lhe o respeito e a fé concedidos a ele com traição, usurpação e covardia.

Nunca vi tantos covardes e canalhas juntos, como os que estão a configurar esse governo direitista, entreguista, subalterno e subserviente à plutocracia. Quase todos os ministros do Amigo da Onça respondem a processos, inclusive envolvidos com a Lava Jato, sendo que muitos já são réus. Trata-se realmente de gente colonizada, com aquela coisa paulista, americanizada e pasteurizada, como se nunca tivesse conhecido outra realidade, a não ser o Mc Donald's, os shoppings de Miami e o Mickey de Orlando, que trouxe de volta para a alma do Brasil o inenarrável e incomensurável complexo de vira-lata.

*temer é a própria República Velha, a tentativa de golpe dos coronéis cafeeiros paulistas de índoles escravocratas de 1932. Ele é surreal, como se seu relógio parasse no tempo, a dar oportunidade aos seus associados no golpe de fazer do Brasil o quintal de São Paulo, que sempre viveu às custas do trabalho de todos os brasileiros de todas as regiões, que sempre se beneficiou de subsídios governamentais, bem como usufruiu dos cofres públicos, a começar pelo Banco do Brasil, a Caixa Econômica Federal e o BNDES.

Esse pessoal é medíocre, com uma queda para o fascismo e todo o tipo de preconceito, inclusive o racial. Tais golpistas são a representação real do atraso e do retrocesso, a comprovar o que afirmo o programa "Uma Ponte para o Futuro", um libelo da pior qualidade, que transforma o Brasil em um republiqueta de banana e subalterno aos interesses e aos ditames dos Estados Unidos. *temer e seus associados do PSDB et caterva transformarão o Brasil em um gigantesco Porto Rico, ou seja, em um País satélite, resumido apenas em exportador de commodities.

Por causa dessas sandices e irresponsabilidades dos golpistas, sempre afirmo que os brasileiros que combatem o golpe de estado travestido de legal e legítimo têm de ir às ruas, protestar e não dar paz a esses golpistas, que rasgaram e prostituíram as leis e a Constituição. Desobediência civil e nenhuma concessão aos que traem, a beneficiar e governar para os ricos, além de vender o patrimônio público, a fim de inviabilizar o Brasil como Nação, a não ter o Estado nacional como indutor do desenvolvimento e gerador de emprego e renda.

O presidente golpista e usurpador do poder sabe que não é de seu direito a cadeira presidencial. Ele não é idiota. Pelo contrário, tal sujeito é constitucionalista. O golpista está "bem" acompanhado por ministros dos carateres de José Serra, Geddel Vieira, Eliseu Padilha e outros consortes do golpe trambiqueiro, mas violento. Em apenas um pouco mais de três meses esses caras pálidas realizaram um desmonte sem igual, por causa da violência e da pressa, de chamar a atenção. Violentíssimos e de uma "fome" predadora contra o próprio País que, realmente, é de chamar a atenção.

E por quê? Dou um exemplo básico e simples que, dimensionado, o leitor poderá compreender, de fato, o que está a acontecer no Brasil e com a sociedade brasileira, que está completamente ensandecida, assim como moralmente e socialmente doente. Temos uma sociedade esquizofrênica, partidária da violência e revoltada com os avanços e as conquistas sociais dos últimos 13 anos, por parte das classes populares e carentes.

O ódio explodiu e os setores reacionários do Estado, antirrepublicanos e antidemocráticos, como o Judiciário, as polícias estaduais, o grande empresariado, os coronéis midiáticos e os políticos de direita, que tomaram de assalto o poder, associaram-se e organizaram um consórcio conservador, que tem por finalidade excluir grande parte da população e manter os privilégios do status quo. O Brasil está irremediavelmente doente. Patologia.

Protofascistas demonstram em ruas, residências, empregos e redes sociais toda a intolerância em forma de ideologia para aplacar o sentimento de ódio. Como se odiar amenizasse seus medos e frustrações, que se explicitam em todos tipo de preconceito, a começar pelo racismo e pelo sentimento desditoso de se sentir superior aos seus semelhantes, geralmente das classes populares ou os que pensam diferente da maioria das pessoas de classe média e da burguesia, que não aceitaram a ascensão social dos mais pobres.

Exemplo emblemático do que assevero é a ação do tenente-coronel, Henrique Motta, membro da PM mais violenta e assassina do Brasil, a debochar pelo twitter de uma estudante de apenas 19 anos, por ter ficado cega de um olho, violência causada por estilhaços de bomba jogada pela PM, que jamais reprimiu os coxinhas de camisas amarelas e adoradores de um pato corrupto e sonegador de impostos da Fiesp, também igualmente amarelo. São os amarelões do golpe.

A ironia do coronel PM é apenas a representação do que se faz no Brasil, principalmente a partir de junho de 2013, o que, sobremaneira, só poderia acabar em golpe, que é contestado no mundo, inclusive pela grande imprensa internacional, que exerce suas atividades nos países desenvolvidos da Europa ou de tradição jornalística como a Argentina e o México, além dos Estados Unidos e Canadá.

Todos grandes jornais de grandeza internacional afirmaram que no Brasil houve um golpe. Menos a imprensa terceiro-mundista deste País, corrupta e provinciana, autora do verdadeiro e genuíno jornalismo de esgoto e gangsteriano. A imprensa de mercado, que ganha muito dinheiro no Brasil e quer porque quer impor sua agenda neoliberal e ligada umbilicalmente aos interesses dos Estados Unidos.

A imprensa tupiniquim e alienígena, a ter as Organizações(?) Globo a liderar o golpe parlamentar-jurídico-midiático e a fomentar ataques e protestos de coxinhas reaças contra o PT, o Lula, a Dilma e seu governo, que ficou sem maioria no Congresso e foi vítima de vazamentos criminosos por parte de juízes, procuradores e delegados, pois o objetivo era enfraquecê-lo. *michel temer vai ter de saltar como sapo ou canguru para terminar seu governo, bem como mentir tal qual ao Pinóquio para fazer crer aos incautos que ele e seus acólitos não são golpistas. *temer não terá paz! É isso aí.

*michel temer - o nome de tal peçonha é sempre escrito em minúsculo, por se tratar de um pigmeu moral, político, citadino e golpista.


*temer é também conhecido pelo vulgo Amigo da Onça — o Usurpador Traidor.

*Golpista é palavra sinônima de michel temer.


*Golpismo é sua essência e razão.

3 comentários:

Marcos Lúcio disse...

Muito obrigado nobre e admirável jornalista por expor, com tanto amor ao Brasil, e profundo embasamento, suas lúcidas conceituações (mais do que opiniões, claro!) a respeito deste momento golpista escroto, marginal, terrorista (de aparência "light" para incautos e/ou incultos)criminoso, bizarro, surreal, patético e patológico da politicalha tupiniquim. Credo!
Minha náusea é tanto que vou evitar ser deselegante nos meu singelos pitacos. Aproveito para reproduzir um comentário que recebi: "Sim, verdade. Temer sempre será lembrado como golpista. Também será lembrada a
falta de entendimento político de determinados grupos que insistiam em - burra e irrealistamente -
usar palavras como: venezuelação, bolivarianismo, comunismo, petralhas, etc... que não tinham absoluta nada, nada, nada com o contexto.
São estes uma versão falante e participativa do conceito de Analfabeto Político, cabendo-lhes a segunda parte: "...O analfabeto político é tão burro que se orgulha e estufa o peito dizendo que odeia a política. Não sabe o imbecil que, da sua ignorância
política, nasce a prostituta, o menor abandonado, e o pior de todos os
bandidos, que é o político vigarista, pilantra, corrupto e lacaio das
empresas nacionais e multinacionais." Brecht. "Santé e axé...a luta é contínua, sem tréguas...sou do tempo em que se dizia: a vida é combate que os fracos abate.

Marcos Lúcio disse...

Minha náusea é tanta, desculpe. A palavra temer causa-me engulhos, e precisa ser , como ele, minúscula, sempre. "TEmer", para mim, é silabada, ou seja, deslocamento do acento tônico. É um vício de linguagem. O correto é "teMER". Abaixo o temerÁRIO!...E SUA GANGUE, LÓGICO!

Rogerio Ferraz disse...

Em 2018 quero votar, para Presidente da República, na Chapa LULA & DILMA (não vem ao caso qual dos 2 será presidente ou vice)!!!!!!!!!!!!!!!!!!