Google+ Badge

sexta-feira, 20 de abril de 2012

Duas perguntas sobre a “Veja” que não querem calar

Por Davis Sena Filho — Blog Palavra Livre
        A “Veja”, a revista porcaria, associou-se ao crime organizado para fazer jornalismo bandido?
        Ou jornalistas se transformaram em bandidos para se associar ao crime organizado para editar a revista “Veja”, autora do verdadeiro jornalismo de esgoto?
        Com a palavra, a CPMI do Congresso.

3 comentários:

Cunha disse...

Muitos imaginavam que os blogueiros sujos estavam alucinados, vendo gigantes,monstros,onde existiam somente ninhos de vento! Pois é,a verdade começa a ser exposta. Os gigantes existem! Como se portarão os meios que participam(vam)dos sets semanais da grande lançadora do fundo da quadra? O JN, Jornal Novela,entre novelas, não porta a 10a parte do que se desdobra,pois,revelaria as intimidades ideológicas dos seus redatores. Não sei,mas,criarão assuntos paralelos. Ontem falaram da Delta,PAC e mensalão,assuntos superficiais, ficando o de sempre: obras para o governo federal e o julgamento do mensalão (que veremos que não foi aquilo que arquitetaram na assessoria de imprensa da organização criminosa exposta pela mídia virtual).
Murdoch ,como eu já mencionei nos demais "sujos", seria um pacato estagiário,comparando-se com a organização criminosa/golpista apresentada pela Polícia Federal.
Se não fosse a internet ,certamente essa quadrilha facista já teria os Estados Unidos do Brasil, segundo o candidato deles,sob suas rédeas e, certas personalidades estariam desfrutando até de ministérios , num país de jogatina liberada e monopolizada;drogas liberadas e com todo o petróleo sob domínio estrangeiro.
Um Brasil da maneira que eles donham: uma imensa República de Bananas, sem futuro, onde a maior riqueza seria o turismo dos cassinos, uma juventude ameaçada pela própria legislação e mergulhados na mais completa impossibilidade de pensar em esperança.Enfim,uma colônia.

Anônimo disse...

Comentário pertinente, caro escriba. A lucidez do esposto nos expõem questiúnculas de fácil compreensão. Obama, o rei patronal que nos persegue cavou sua fria alma embalsamada em néctar amargo nos confins, ao colonizar o mundo, menos o Brasil de Lula, este um secular ícone do progresso idealista, pragmático e social - ao não aceitar Hugo Chaves. No passaran!! O lixo impresso das grandes corporaçõesde mídia rstão fadadas à volta ao apu de aroeira no lombo de quem mandou bater. No caso, o esgoto.A mídia golpista, suja, desprovida de caráter e infecta de interesses escusos e vis vai chorar = como chorou e correu Batista em Cuba - e se auto repugnar de seu insucesso, penso eu.
Na verdade, o papel usado e escarrado usado para fazer os jornalões e as revistinhas da imprensa golpista e abjeta não servem para reciclagem. Seuspares, idem.

Davis Ribeiro de Sena Filho disse...

Prezado, comentário pertinente. Você poderia, se voltar a comentar, assinar seu nome? Um abraço.