Google+ Badge

quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

BRAÇO ERGUIDO


a hora da charge  Blog Palavra Livre






 




Um comentário:

Henrique R disse...

Os meios de comunicações e seus lacaios porta vozes só querem a hegemonia midiática com sua laia política e fazem uma censura sutil contra os punhos cerrados.

Por exemplo o Sócrates, a mídia não diz que ele era de esquerda por convicção. Ele mesmo dizia que era “socialista no sentido pleno da palavra”*.

A mídia e seus amestrados fazem uma censura sutil da hegemonia ideológica.
É uma imprensa acostumada com a ditadura e o monopólio.

Agora, o psdb entrar em ação contra 'punhos cerrados'!?
Isso é o que há de mais deprimente no meio de políticos que não tem nada o que fazer.
Aliás, é a verdadeira DESCONSTRUÇÃO DA DEMOCRACIA
Senão vejamos:
A democracia surgiu na Grécia há mais ou menos 2.500 anos.
De todos os regimes, embora com falhas, ainda assim, é o melhor.
O principal ideal da democracia é o dever do cidadão de participar da vida político/administrativa do seu país, estado e município. Todo cidadão tem esse dever.
Na 1ª década a.C. a aristocracia grega começou a ser questionada pelos HOMENS LIVRES.
O legislador Dragon entrou em ação e não conseguiu conter os conflitos.
O legislador Solon fez o mesmo e também não conseguiu.
Pelos idos de 561 a.C., Psístrato, tomou o poder em Atenas e ficou uns 19 anos fazendo reformas. Quando morreu a aristocracia tentou um golpe de estado para voltarem ao poder.
Entra em cena o Clístenes que impediu o golpe e fez mais reformas, lançando o lastro do regime democrático em Atenas.
Dessa feita dá para concluir que a democracia ateniense era o regime dos homens livres e capacitados a fazer política.
E a democracia chegou aos dias de hoje.
No BRASIL ela venceu, entre outras "guerras", a ditadura.

E, pasmem, nossos atuais políticos estão conseguindo desconstruir a democracia.
E hoje os nossos parlamentares estão conseguindo se desvincular da sociedade brasileira.
O elo democrático "congresso nacional/câmaras estaduais e municipais + sociedade" acabou.
A impunidade que os políticos chamam de "imunidade parlamentar" os tornam onipotentes, onipresentes e outros 'onideuses', agindo somente em nome deles, sem respeito à sociedade que os colocou lá naquela sodomia política de Brasília, na farra das câmaras estaduais e na festa das câmaras municipais.

Não há no Brasil um "Clístenes" que possa impedir esse assalto na democracia do país?
Dos políticos que se dizem honestos/respeitados/capazes/profissionais/...não há um deles que possa impedir essa descontrução democrática?
Há, na nossa rica corte parlamentar brasiliense, nas nossas ricas cortes parlamentares estaduais e nas nossas ricas cortes parlamentares municipais alguma evidência que nos explique a imunidade parlamentar, os salários, as benesses, o “rabo preso” com a grande mídia, a corrupção e outras 'obcenidades'?
Democracia não se faz com defraudadores e mídia golpista!
Democracia se faz com a realidade social de um povo!

Democracia se faz com o BRAÇO ERGUIDO!