Google+ Badge

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

AGOSTO




AS PALAVRAS DE AMOR ME ESQUECERAM
O CORAÇÃO SE AUSENTOU DO VERMELHO
VERBO SEM UNIVERSO, REFLEXO DO ESPELHO
HERANÇA DOS AMORES QUE PARTIRAM

SENTIMENTO DE POSSE
QUE SUBLIMA A VIDA
SANGUE QUENTE
CICATRIZ FERIDA

CIÚME, SEXO E VIOLÊNCIA
A FLERTAR COM A MORTE
TRANSFORMAÇÃO DO AMOR
EM SOLIDÃO DE SEU CONSORTE

O ESQUECIMENTO PRÓPRIO DA ALMA
A ALFORRIA DA CULPA — AGOSTO
A ESQUIZOFRENIA EM BUSCA DA CALMA
ILUSÃO DESPIDA DE ILUSÃO — DESGOSTO.

Davis Sena Filho — 28/08/2013

Um comentário:

Anônimo disse...

Não és qualquer poeta. És o poeta. Parece que é só vc q não sabe disso.