Google+ Badge

sábado, 9 de abril de 2016

Rodrigo Janot tem outro sobrenome: Golpe

Por Davis Sena Filho – Palavra Livre

JANOT SE COBRE COM A CAPA PARA DISSIMULAR O GOLPE.
Rodrigo Janot é procurador-geral da República, mas trabalha mesmo no âmbito provinciano do Paraná, cujo condestável juiz de primeira instância, Sérgio Moro (PSDB/PR), trabalha como ponta de lança para se concretizar um golpe de direita e, portanto, criminoso, contra a presidente Dilma Rousseff, o Estado de Direito e a democracia.

Janot, que deve acrescentar ao seu sobrenome a palavra Golpe, está a preparar sua biografia para a história como um golpista que, não só participou de uma hipotética derrubada de uma presidente constitucional, bem como liderou o golpe, a se aproveitar de seu cargo público pago com o dinheiro do contribuinte, sendo que dezenas de milhões desses cidadãos votaram em Dilma Rousseff.

A História é muito dura e cruel com os golpistas, inclusive a citá-los eternamente como acontece com os golpistas vivos e mortos de 1964, que hoje compõem o lado sombrio da História. Certamente que, se o golpe acontecer, o nome de Rodrigo Janot vai ser escrito com letras garrafais, inclusive como uma autoridade que validou os grampos ilegais de Sérgio Moro, que foram vazados para o público, sendo que Lula já era, sim, ministro nomeado e Dilma, obviamente, a presidente da República.

Um escândalo contra a segurança nacional. A validação do crime tem por objetivo cassar o mandato da mandatária trabalhista, pois “legalizaria” a escuta ilegal e ainda daria pano para manga no âmbito do STF, porque Dilma seria acusada de crime de responsabilidade por intervir na Justiça, bem como fragilizaria Lula no que concerne ficar à mercê das diatribes do juiz Moro e dos procuradores obsessivos e politizados do Paraná.  

O futuro de Janot, depois de aposentado, vai ser o desprezo e seu “esquecimento” pelos segmentos democráticos e legalistas da sociedade, que não vão ter com ele a mínima compaixão, pois sabedores de que se trata de um golpista perigoso, não só para as instituições brasileiras, mas, sobretudo, no que concerne aos interesses do povo, que hoje estão em perigo se o golpe dos direitistas sair vitorioso.

Janot vai ter de se resumir a perambular pelos círculos burgueses e conservadores, a frequentar encontros sociais e empresariais dos quais vai participar para dar conselhos e consultas jurídicas, além de viver à sombra de sua fama de golpista, pois admirado pelos setores mais reacionários da sociedade, que vão lhe dar guarida, como acontecia com os antigos golpistas de proa, hoje quase todos mortos, após a total redemocratização do Brasil depois das eleições presidenciais de 1989.

Vai ser a punição infringida aos que transgridem e desrespeitam as regras do jogo democrático, pois se evidencia a violação do contrato social exemplificado na Constituição. Trata-se da herança deixada pela sociedade aos golpistas, que sabem que estão a cometer crimes e compreendem que o País vai ficar ingovernável por causa de um golpe de estado travestido de impeachment.

Um golpe que tem como propósito apenas dar verniz de legalidade ao crime, quando, na verdade, ele não existe, porque Dilma Rousseff não cometeu dolo, ou seja, crime de responsabilidade, como está mais do que comprovado, principalmente no que diz respeito à sua defesa feita pelo AGU José Eduardo Cardozo, na Comissão do Impeachment (Golpe), majoritariamente composta por parlamentares golpistas liderados pelo presidente da Câmara, deputado Eduardo Cunha, réu no STF.

Um político que chafurda na lama da corrupção, porque envolvido na Lava Jato, dentre outros escândalos, mas blindado pela imprensa de mercado mais manipuladora e corrupta do planeta, além de contar com a cumplicidade e a morosidade de certos juízes do STF, bem como da PGR e da Vara do Moro, que procrastinam seu afastamento da presidência do Legislativo, até que o golpe vingue, independente das graves acusações imputadas a Eduardo Cunha. Nada mais mequetrefe e rastaquera. Nada é mais seletivo, o que causa revolta aos eleitores de Dilma e às pessoas democratas e legalistas.   

O procurador-geral, Rodrigo Janot incorre em muitos erros e ao que parece não se importa como vai se desdobrar essa crise política sem precedentes que abala o Brasil e prejudica seriamente a economia, a ter a Petrobras como alvo de uma direita predadora, que deseja tomar de assalto o poder, impor as bases do neoliberalismo fracassado no mundo todo ao Brasil, além de se alinhar automaticamente aos interesses dos Estados Unidos, a levar o poderoso País da América do Sul ao retrocesso na condição vergonhosa de colônia.

É inacreditável a que ponto pode chegar servidores públicos sem um único voto, a exemplo de Rodrigo Janot. Muda de opinião como se muda de camisa, conforme o ritmo da música. A verdade é que Janot, depois de emitir parecer favorável à nomeação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva como ministro da Casa Civil, agora, em novo parecer, recomenda ao STF a anulação da nomeação do ex-presidente porque ele acredita ver “indícios” de desvio de finalidade da presidenta Dilma Rousseff para tentar impedir as investigações da Operação Lava Jato.

Chega a ser surreal a postura dúbia desse servidor que, nitidamente, está a liderar o golpe de estado com verniz de impeachment legal. A verdade é uma só, e ela não tergiversa com a realidade: a anulação da nomeação de Lula, cidadão que não responde a qualquer processo, não é e nunca foi réu e que tem todos seus direitos civis assegurados é de finalidade política e visa impedir, sobretudo, que Lula restabeleça e recomponha a base do governo no Congresso, de forma que o Governo retome a governabilidade e, com efeito, inicie o processo de crescimento da economia.

Além disso, ressalta-se para o bem da verdade, que Rodrigo Janot quer derrubar Dilma Rousseff do poder de forma sorrateira, dissimulada e desleal. Trata-se de uma ousadia e atrevimento de essências sórdidas, porque ao recomendar ao STF que anule a nomeação de Lula para a Casa Civil e fazer ilações por escrito que nomeá-lo tem por propósito, conforme os “indícios”, de “desvio de finalidade da presidenta Dilma Rousseff para tentar impedir as investigações da Operação Lava Jato, o procurador sedimenta o golpe e sinaliza que sua mudança de opinião era apenas uma estratégia para acusar Dilma e derrubá-la do poder.

Ou seja: Janot está a afirmar, categoricamente, que a presidente cometeu crime de responsabilidade porque interveio no processo da Lava Jato, uma operação nitidamente de caráter oposicionista, que tem lado partidário, cor ideológica e preferências políticas, que, concretamente, somam-se aos interesses golpistas do PSDB, do DEM, do PPS, da Fiesp, dos latifundiários e das grandes corporações nacionais e internacionais, bem como, evidentemente, atendem aos interesses dos magnatas bilionários de imprensa, os piores, os mais perversos e os mais golpistas de todo o empresariado. Os verdadeiros plutocratas.

Trata-se de um processo dantesco, antinacionalista e antidemocrático, que luta para retroceder aos tempos do neoliberalismo tucano, assim como dar fim aos programas de igualdade, de oportunidades e de inclusão social, além de engessar os projetos de recuperação do poder do Estado, como agente indutor do desenvolvimento nacional e promotor de distribuição de renda e de riqueza. A resumir: transformar o estado em estado mínimo. Uma verdadeira desgraça para o povo brasileiro.

O procurador-geral, reafirmo, nunca mudou de opinião, mas apenas deu o primeiro parecer meia boca “favorável” à posse de Lula porque estava a dar tempo ao juiz do STF, Gilmar Mendes, do PSDB do Mato Grosso, um juiz arbitrário, de posições conservadoras, oposicionistas e que odeia o PT, o Lula e a Dilma. Gilmar vai ser empossado presidente do TSE, sendo que vai ser por tal tribunal que a oposição vai de fato tentar o golpe descarado e dissimulado com ares de “legalidade”, que neste caso é tão tênue e frágil, porque tal golpismo não tem consistência jurídica e nem mesmo política.

A intenção de Janot, Gilmar e Moro é dar um golpe jurídico, com o apoio insano de coxinhas de classe média consumidores dos desatinos de uma imprensa de negócios privados de histórico golpista, que fez do jornalismo uma ferramenta de manipulação, distorção e de mentira todo santo dia, pois o verdadeiro, genuíno e autêntico jornalismo de esgoto.

Além disso, por intermédio da delação “premiada” mequetrefe de Otávio Azevedo, ex-presidente da Andrade Gutierrez e de outros executivos, esse pessoal golpista do sistema judiciário vai tentar o golpe via TSE, porque, incrivelmente, a empreiteira mais tucana do País, de origem mineira e financiadora contumaz das campanhas do PSDB, especialmente as do senador Aécio Neves, somente acusou e denunciou o PT, realidade que sinaliza que o golpe vai ser pelo TSE de Gilmar Mendes, que, useiro e vezeiro em atacar o PT e suas lideranças em público, vai abrir espaços para o golpe ilegal e imoral.

Janot mal sabe, e se sabe está pouco a se lixar, que se Dilma sofrer um golpe de estado o próximo mandatário não vai governar. A República vai ficar ingovernável em todos os setores e segmentos e as ruas vão se transformar em campos de manifestações intermináveis, quando não de batalhas. O Congresso vai virar um vulcão e os movimentos sociais, sindicatos e confederações vão parar este País. O golpe de direita efetivado por seus áulicos e beneficiados vai fazer os golpistas de direita comer um dobrado, assim como a paz se tornar uma palavra apenas resumida ao dicionário.

Deem o golpe, mas paguem a conta, que vai ser muito cara e alta para os golpistas, a começar pela História. O golpe vai ser denunciado e repercutido no exterior. Lugar de golpista deveria ser na cadeia, porque golpistas não têm direito a conviver com a sociedade vítima de quebra do jogo democrático, em flagrante desrespeito à Constituição e ao Estado Democrático de Direito, por aqueles que não aceitam os resultados das eleições presidenciais de 2014 e querem simplesmente invalidar os votos de 54,5 milhões de pessoas, que não acreditaram nas propostas da direita apresentadas ao povo pelo PSDB e seus aliados.

Dilma Rousseff venceu as eleições legalmente e não vão ser servidores públicos politicamente conservadores e elitistas que vão transformar o Brasil em república das bananas para que a casa grande possa se locupletar mais do que já se locupleta. O tempo dos escravos acabou. Eu sei que os coxinhas querem suas empregadas domésticas de volta ao quartinho que representa a senzala em miniatura.


Porém, vão ter de assinar carteira e pagar todos seus direitos trabalhistas. Além disso, Dilma nomeia quem ela quiser para montar sua equipe, e Lula não é criminoso, são plenos seus direitos civis e, por sua vez, tem o direito de assumir a Casa Civil.  A verdade é que Rodrigo Janot acrescentou mais um sobrenome ao seu nome: Golpe. Não vai ter golpe! Vai ter luta! É isso aí.

21 comentários:

Carlos Serafim disse...

Prezado Davis, como sempre, irretocável, e como sempre, gosto de pinçar alguma de suas frases, no caso : "Eu sei que os coxinhas querem suas empregadas domésticas de volta ao quartinho que representa a senzala em miniatura." - isso, a senzala em miniatura - sei, por experiência própria, no meu meio familiar, que vários entendem o significado catastrófico do golpe, sabem que é golpe, sabem que está sendo capitaneado pelo bandido-mor EdCu, e a malta entreguista, escravagista, etc..., etc...., e ainda assim apoiam, pelo simples fato de terem um ódio figadal ao PT, deixando transparecer um saudosismo dos bons tempos em que , aí caem na frase que pincei, "os empregados eram mais respeitosos, menos exigentes, ....., e por aí vai..", e tudo isso acabou por culpa do PT - liberdade demais.Só faltam escancarar "Ó que saudades da senzalinha lá de casa, lá da minha firma, lá do......" - um dia, por ato falho, vão dizer, abertamente. Serei todo ouvidos.

Fernando Oliveira disse...

Minha querida Comandante-em-Chefe: Golpe de Estado é crime, então avance e prenda esses Golpistas. Não dê chance para bandidos.

Fátima Pedrosa disse...

É estranho que essa Força-Tarefa da Vaza-Jato tenha deixado em paz um velho (e doente) Guerreiro do Povo Brasileiro: José Genoíno. Aí então vem a pegunta: ao contrário de Dirceu, deixaram Genoíno em paz porquê ele sempre foi inocente ou porquê ele deixou de fazer política? Pra mim, isso mostra que essas operações AP-470 e Lava Jato sempre foram de perseguição política ao PT... não passam de Operações Falsa-Bandeira e, como tal, têm a Lata-de-Lixo da História como destino!

NILTON CESAR JORGE disse...

Eu tenho um desejo...desejo que nosso pais continue governado pelos agentes corruptos do PT, que todos vocês continuem vendo a miséria tomar conta desse pais.
Cada população tem o governante que merece, cada um recebe aquilo que planta...seja a busca pelo Bolsa Miséria, seja o Minha Casa Meu Barraco ou o financiamento de uma faculdade com péssimo ensino e formação... Vocês são cúmplices de tudo isso, não querem um pais melhor...querem ganhar no grito na violência e na ofensa. São corruptos por aceitarem o suborno, por aceitarem a situação, por não lutar contra. Foram medidos, pesados e achados insuficientes, merecem o pasto que comem. Continuarei trabalhando e lutando para dar uma vida digna a minha família, querem me chamar de coxinha, chamem....porque eu não tenho nome para dar a vocês. Cansei de vê-los motivando a mediocridade, tratando o empresario como vilão, o rico como o mal da terra. Quando acabarem com eles e houver o nivelamento por baixo, quero ver de onde sairá o dinheiro para abastecer seus programas sociais, de onde vira o dinheiro para alimentar seus ídolos corruptos.
Desejo isso para você, que não para para o pedestre, pra você que cruza o sinal vermelho, para você que rouba do seu patrão, seja tempo ou bem material, pra você que trai sua esposa e família, pra você que ofende os outros por ter ideologias diferentes, desejo para todo aquele que pratica corrupção ou o jeitinho brasileiro, independente de partido, time de futebol ou religião. O mal vai predominar sobre esse pais, até os ossos.
Cansei de vocês....

Jorge Marcelo disse...

Pensamento do dia:
"Dilma é um peido preso. Você sabe que vai sair, vai haver barulho, talvez alguma merda, mas o alívio será indescritível."

Bento Lisboa disse...

Jorge Marcelo, Você é um coxinha tão baixo e vil que até hoje não conseguiu sair do pardieiro onde cresceu.

Olavo V a E disse...

O golpe já está derrotado gorila troglodita. Fascista de merrrdaaaaa!

Paulo Blanc disse...

Nilton coxinha fascista, falso moralista e analfabeto politico: o golpe se fudeu, golpista! Faz o seguinte: se atire de uma torre e pela primeira vez na vida faça algo de bom pra humanidade.

Bené disse...

Moralista sem moral! Golpista!

Maisa Gomes disse...

Mais um artigo brilhante deste grande articulista. Não vai ter golpe! Vai ter luta! Lula 2018!

Marcos Lúcio disse...

Os cães sarnentos golpistas/oposicionistas estão latindo ferozmente...mas a caravana legalista/governista/democrata passa e vai continuar passando, se Deus quiser. Mas estes direitopatas usurpadores do Estado de Direito não estão nem aí. Se conseguirem implementar o criminoso golpe fascista, vão dizer, com a cara de pau (sim eles são cínicos e canalhas) que o governo acabou com o país e não se pode fazer mais nada, a não ser privatizar o que resta e ponto final. Nossa jovem democracia não merece este tratamento desleal e criminoso, este delito, este tiro no peito.

Anônimo disse...

Se o Nilton César for o infeliz parâmetro do que está por acontecer...podemos pensar que ele está falando por experiência própria pois claro está que o mal predomina nele não somente até os ossos. O mal fez metástase e contaminou tudo nele, explicitamente, até a própria alma. Ele precisa de luz, brava gente brasileira!

Anônimo disse...

Jorge Marc(elo perdido) ...ah...coitado!...é um peido solto, pois tudo o que, asquerosamente, "pensa" e digita, fede muiiiiiiiiiiiiiiiito. Será que tem intestino no lugar do cérebro?

Marcos Lúcio disse...

Compartilhando...
Claudete Ruas
Os grupos de mídia formuladores de mais um golpe no país já tratam de preparar o terreno, ou seja, o espírito das pessoas para o fato de que a economia não irá reagir com a simples substituição de Dilma por Temer. É claro que durante algum tempo tentarão atribuir o caos na economia ao PT, a Lula, a Dilma, mas essa desculpa tem prazo de validade.
Concomitantemente aos problemas econômicos, o plano de um eventual governo Temer é desmontar o estado de bem-estar social edificado pelos governos do PT. O Congresso conservador, agora com o apoio do Planalto, tratará de suprimir direitos trabalhistas, colocando a massa trabalhadora em pé-de-guerra.
O pré-sal será entregue às petroleiras estrangeiras. A privatização da Petrobrás é uma possibilidade concreta.
Mas o pior de tudo está nas perspectivas. A estratégia usada para derrubar Dilma e jogar fora os 54 milhões de votos que a elegeram permanecerá pairando sobre a República. Nenhum governo estará seguro de que chegará ao fim, o que tornará o Brasil um país imprevisível, o que, vejam só, é o que há de pior para o capitalismo.
O capitalismo requer previsibilidade. Sem ela, não se anima.
O grande dano que o golpe causará à imagem do Brasil, porém, está no fato de uma presidente contra quem nunca terá pesado uma única ação na Justiça e nem mesmo uma investigação ter sido cassada por um Congresso cuja maioria de seus membros está sendo investigada e/ou processada por corrupção.
Se o golpe se concretizar, o Brasil estará com a sua imagem maculada para sempre. Será visto como uma republiqueta com instituições débeis e suscetíveis a arranjos políticos improvisados como o que terá resultado na derrubada de um governo legítimo e na mudança brusca das regras do jogo.
A instabilidade político-institucional fará deste país um alvo para saqueadores internacionais, que virão para cá pilhar o que puderem no menor espaço de tempo possível e irão embora. Não contem com investimentos de médio e longo prazos, não contem com fé neste país.
Os efeitos desse golpe irão perdurar por gerações. Os corruptos que terão derrubado Dilma para se safar das investigações irão interrompê-las e os órgãos de controle fortalecidos pelos governos do PT serão sumariamente desmontados.
O Brasil voltará a ser uma fazendona, com uma elite minúscula e uma massa descomunal de cidadãos comendo o pão que o diabo amassou.
A consequência mais imediata do aumento da pobreza e da desigualdade que se seguirá ao golpe será o correspondente aumento da violência e da criminalidade. Com a ascensão dos nazifascista como os Bolsonaros (Jesus!) da vida, tentarão combater o problema com violência policial e encarceramentos, o que só fará aumentar esse problema.
Este país irá mergulhar em um mar de violência, criminalidade e carestia.
Durante 13 anos, os brasileiros se acostumaram a melhorar de vida mês a mês, ano a ano. De 2003 a 2014, os salários e o nível de emprego só aumentaram e a pobreza e a desigualdade só caíram. É isso que os brasileiros querem de volta. Eu não queria estar na pele dos golpistas quando o povo descobrir que eles não trarão isso de volta.
E que, muito pelo contrário, farão a vida deste povo voltar ao que era antes de o PT chegar ao poder.

Anônimo disse...

Um asno perguntou ao outro:
O cara que disse o que iriam dizer esta preso.
Quem entra e quem saí da cadeia interrogou o primeiro.
O segundo respondeu, rápido como um asno:
Todos.
E é pouco pelo que prometeram, e muito pelo que mereciam.
Afinal, cadeeiro no país têm mais em refeição e bolsa pedala que os ex famintos do Fome Zero.
Já que ambos asnos, pensemos o que eles pensaram.
Um pensou, o marqueteiro e sua arrogância travestida de esposa, mais quem mentiu na tv, mais o Lula.
O outro pensou: Falta o Michel Temer, o Sarney, a Roseana, o Jader, os Magalhães, ou seja, os transmissores da peste...
O asno tinha razão.
Afinal, ninguém tem moral pra dar um piu.
WWW.asdfg.com.br

Horácio Peralta disse...

Tanta imbecilidade escrita só pode ser feita no anonimato.

Fernando Oliveira disse...

Estranho essa obsessão jurídica, por parte da oposição, para deixar o Governo da Presidente da Dilma permanentemente sem Ministro da Justiça! Qual o motivo? Será se é pelo simples fato do Ministro da Justiça ter o comando da PF? Por acaso a oposição está apostando no caos? Isso está me cheirando à conspiração planejada e coordenada de fora do país...

NILTON CESAR JORGE disse...

Blá...Blá...Blá...bua...bua...bua...choro porque sou um petista derrotado....hahaha.Compramos a Câmara, agora c ompraremos o senado. Bolsa família e minha casa minha vida vão virar Bolsa Puteiro e Minha Mansao minha vida...disponíveis para Adoradores do Aécio e com salário descente...hehehe. A propósito compro a alma de petista pra fazer esterco...pago o dobro do que vale R$0,50 unidade...seus bostas, nem com promoção de ministério conseguiram...fodam se vocês. Em breve vamos perse gui los e matar todos vocês ...com amor e carinho...continuo adorando vocês... sobre o bolsa puteiro, brincadeira minha mulher num deixa.:)

NILTON CESAR JORGE disse...

Matar de amor e carinho...não matar de verdade...sou contra a violência. Falo essas bobagens porque tá todo mundo brincando né? Que nem la em Brasília é tudo palhaçada e brincadeira...que nem o povo quando vota, na palhaçada e na brincadeira.

NILTON CESAR JORGE disse...

Deus???...Deus??? Onde estava seu Deus domingo? Onde está seu profeta Lula que não conseguiu convencer um palhaço? As escrituras dizem: Ai de vós petistas hipócritas, porque sois de vosso pai o Diabo e logo escorregarao no quiabo.

NILTON CESAR JORGE disse...

Comi a mãe do Anonymous, do Bene e do Olavo. A do Paulo num deu pra encarar...feia pra caralho, parece a Dilma com a barba do Lula. Nem mesmo adorando fuder um petista consegui...hehehe.
Brincadeira gente desculpa,ouvi dizer que mãe de petista e tudo virgem...prenhas do espírito santo do Lula...e que pra garantir a virgindade elas parem pelo Cu'. É verdade ou é mito?