Google+ Badge

segunda-feira, 14 de maio de 2018

Gilmar solta Paulo Preto e ratifica que o STF é vergonha, vexame e desgraça do Brasil — Lula e injustiça


Por Davis Sena Filho — Palavra Livre


O líder trabalhista e de esquerda Luiz Inácio Lula da Silva está preso por perseguição política, partidária, ideológica e por preconceito  de classe social, porque no Brasil a luta de classe é real e violenta. Sua condenação injusta é, indelevelmente, um acinte, provocação e deboche contra a sensatez, a inteligência e a dignidade alheia, sobretudo, contrária à verdade e à realidade dos fatos e dos acontecimentos.

Quero dizer que o encarceramento de Lula, antes de tudo e qualquer coisa é fruto de armação arquitetada a partir de 2013, com maior força e desenvoltura por bandidos e mentirosos, bem como se traduz na maior farsa produzida pela direita golpista em todos os tempos, cujos proprietários da casa grande escravagista e seus ferrabrases, que agem também como feitores togados e jornalistas piores do que seus patrões são “pródigos” em elaborar falácias, mentiras, trapaças, farsas e todo o tipo de cafajestadas e violências físicas, propagandistas, psicológicas, constitucionais e institucionais.

Trata-se da reverberação universal da mentira e dos meios jurídicos e midiáticos utilizados como arma de perseguição política e partidária por intermédio de covardias inomináveis que se alicerçam no “domínio do fato” e no “lawfare”, além da manipulação da informação por parte da imprensa de negócios privados e controlada por coronéis midiáticos que tratam o Brasil como senzala.

Eles são os próceres da burguesia brasileira e representantes autênticos do sistema de escravidão imposto oficialmente a seres humanos por 388 anos. A escravidão mais longa da história da humanidade, que foi primeiramente efetivada pelos portugueses, mas que ficou por muito mais tempo sob o controle de brasileiros membros da “elite” branca. A escravidão é inerente ao sentimento e à alma da burguesia brasileira — a mais atrasada, reacionária, perversa e corrupta do ocidente. As oligarquias irremediavelmente colonizadas.

Por isto e por causa disto Lula está preso. Não porque ele roubou, pois carcereiros togados sabedores de que o ex-presidente não roubou, mas simplesmente governou, e para todos os brasileiros. Lula está preso porque é hoje imbatível eleitoralmente, assim como é um político forjado no seio da sociedade, nascido do povo e do povo cuidou, o que causou rancor, mágoa, sentimento de vingança e o famigerado ódio por parte de uma classe média igualmente corrupta em ações e sentimentos, além de pensar igualmente aos ricos, mas sem ter dinheiro nos bolsos, mas repleta de dívidas e desprovida de créditos bancários.

Lula está preso, sobretudo, porque tem programas sociais e projeto de País, evidências que as “elites” nacionais jamais tiveram, pois predadoras de seu próprio País, além de tratarem o Estado brasileiro apenas como um meio para que os ricos e os muitos ricos possam se locupletar e transformar o poder público como ponte para seus negócios de fundo patrimonialista.

A casa grande e os governos dos países imperialistas sabem e compreendem que com o Lula no poder o Brasil fica maior, mais forte, autônomo, soberano e independente, realidade incontestáveis porque aconteceram, literalmente, nos governos trabalhistas e democráticos de Lula e Dilma, o que jamais ocorreu nos governos de direita, pois inexiste democracia se o povo não tem acesso ao seu próprio desenvolvimento.

Aliás, nunca se respirou tanta democracia neste País, a não ser em menor dimensão nos governos do governador estadista Leonel Brizola. Os juízes do STF — a vergonha, o vexame e a desgraça do Brasil — entendem perfeitamente o que está a acontecer neste País cujas “elites” sabotam e boicotam seu desenvolvimento, independência e soberania, pois é dessa forma infame e sórdida que se ganha mais dinheiro, patrimônio, benefícios e privilégios. Ponto.

A prisão de Lula é pura farsa e infâmia, assim como tem por propósito fundamental impedir que os negócios bilionários praticados com o patrimônio público por golpistas e usurpadores vinculados à iniciativa privada dos naipes de *mi-shell temer, Pedro Parente, Henrique Meirelles e alcateia de coiotes, que formam o covil do governo mais espúrio e pária deste País, somente comparável à ditadura civil-militar e ao governo Collor, sendo que a “administração” *mi-shell é de um fracasso retumbante em todos os setores e seus respectivos índices econômicos.

Tudo isto e muito mais, já que desgoverno praticante de entreguismo irresponsável e criminoso, bem como completamente perverso, pois exterminador de programas sociais e de projetos estratégicos do Estado nacional. A simplificar: o desgoverno do traidor e usurpador *mi-shell temer é a maior tragédia econômica e social que a sociedade brasileira teve de enfrentar, sendo que toda essa catástrofe moral, social, econômica e política tem a cumplicidade do Judiciário, da PGR (MPF) e da PF.

Instituição e corporações que se comportam como partidárias da direita política e se mostraram para a história como as garantidoras do criminoso golpe de estado de 2016, que levou à deposição a presidenta legítima e constitucional Dilma Rousseff, que recebeu do povo brasileiro 54,5 milhões de votos, que simplesmente foram impugnados por uma quadrilha de ladrões e corruptos golpistas aboletados no Congresso, nas mídias privadas porta-vozes dos mercados financeiros, com a participação do STF — o fiador do golpe, da queda de Dilma e da prisão infame, injusta e covarde de Lula.

Enquanto isso, o Supremo mancha de lama fétida a estátua à frente de seu palácio na Praça dos Três Poderes. A estátua Têmis (grego) ou Iustitia (romano), de olhos vedados, não porque se impõe por ser justa constitucionalmente diante do povo brasileiro, mas, sobremaneira, está a vedar seus olhos por sentir imensa vergonha dos magistrados do STF, que permitiram que um ladrão e presidiário e seu bando dessem início à deposição da presidente Dilma Rousseff.

Os togados e meganhas burgueses e pequenos burgueses deram as costas para a democracia, o estado de direito e a Constituição, bem como autorizaram que juízes e tribunais subalternos realizassem uma verdadeira caça ao Lula, à sua família e às principais lideranças do PT, sendo que muitos foram perseguidos desumanamente, a exemplo do próprio Lula, José Dirceu, José Genoíno, Delúbio Soares e João Vaccari Neto, dentre outros, cujas acusações contra eles jamais foram comprovadas.

Trata-se da Justiça da infâmia, a Justiça da injustiça, e a Justiça do lawfare e do domínio do fato. Provas para quê? A verdade para quê, se ela depõe contra meus interesses e contraria os negócios do golpe? E sabe por quê? Porque segundo o juiz tucano de primeira instância, Sérgio Moro, “Não vem ao caso!”

E por que pronuncio tais palavras indignadas com tanta falta de justiça e de respeito neste País produtor em profusão de usurpadores e golpistas desde a fundação da República? Porque pela milionésima vez o STF partidário, ideológico e seletivo ratifica os dois pesos e duas medidas e debocha dos brasileiros, de maneira escrachada, pois perderam há muito tempo o que se chama de decência, sem moralismo barato, cínico e hipócrita.

O golpe bananeiro, da classe média e dos ricos provincianos e de terceiro mundo, antes de tudo e de qualquer coisa, é o golpe dos “moralistas” sem moral! Pois veja bem, o juiz tucano Gilmar Mendes, dentre incontáveis tucanos e demistas que ele blindou, agora solta o operador principal do PSDB, principalmente o de São Paulo, a ter o José Serra como chefe de tal operador, que, comprovadamente, diferentemente do tesoureiro João Vaccari do PT, está na berlinda, pois realmente as provas contra o caixa dos tucanos são contundentes e realmente documentadas.     

Bastou ao caixa dois dos tucanos paulistas ameaçar abrir o bico e rapidamente foi solto pelo juiz Gilmar Mendes, e tudo ficou como dantes no quartel de Abrantes e na casa da mãe Joana, ou seja, vergonhosamente os tucanos são cidadãos brasileiros INIMPUTÁVEIS, porque estão sob a égide de outra constituição e de código penal especial, somente para tais aves golpistas, de bicos longos e voos curtos, mas tão curtos que tiveram de tomar o Palácio do Planalto de assalto.

E por que tais seres das sombras cometeram medonho crime de vileza incomparável, sem tamanho e traição contra a Nação? Simples a resposta, pois por intermédio do voto os resultados de tais criaturas das trevas foram  traduzidos em quatro derrotas eleitorais consecutivas e, antes que acontecesse a quinta, os tucanos entreguistas e elitistas resolveram promover um golpe de estado cucaracha, com a cara deles: perversos, antidemocráticos, antipopulares, antinacionais e terceiro-mundistas de ares blasés e espíritos de porcos, com o desenvolvimento e a soberania do Brasil.

Pobre e azarada a Nação que tem políticos de perfis similares aos dos tucanos que estão no poder por meio de golpe de estado mal disfarçado. É como se o organismo humano fosse subjugado por vírus mortal. Basta verificar as péssimas condições sociais e econômicas que ficou relegado o Brasil após o golpe de 2016, a partir dos movimentos golpistas de 2013. O Brasil perdeu a paz e o sossego, além de irremediavelmente dividido e violento. É o golpe, coxinha estúpido, porque sacramentado para roubar o povo e o País.

Trata-se de almas levianas e medíocres, pois indiferentes às suas tucanagens em realidades de caipirões metidos a “nobres” parisienses, ainda mais os tucanos de São Paulo, sem esquecer dos borra-botas do atraso e do retrocesso, nas figuras dantescas ou trogloditas dos políticos do DEM —, que conseguiram ser mais obtusos do que os tucanos, além de serem membros do pior partido do planeta, a superar, incrivelmente, o golpista PSDB, que não teve competência quando no poder para construir uma única escola técnica quanto mais edificar uma Nação realmente democrática e que propiciasse igualdade de oportunidades e justiça social. Eles são, irrefragavelmente, incompetentes e colonizados. Uma verdadeira lástima o PSDB e seus usurpadores de carteirinhas.

O PSDB, juntamente como seus apoiadores, a exemplo dos magnatas bilionários de imprensa, como o fazem os bandidos de forma endêmica nas ruas, nos lares e nos comércios em todo o Brasil, enfim chegaram ao poder e entraram para a história como políticos golpistas, que economicamente, mais uma vez, levaram a economia do País à bancarrota, pois sócios do PMDB do estúpido e traidor e presidente mais odiado e rejeitado do mundo, que atende pelo vulgo de *mi-shell temer. Este é o PSDB protegido por Gilmar Mendes e seus pares da Corte Suprema. Este é o STF, que tal qual à Lava Jato, jamais prendeu um tucano ladrão!

Enquanto isso, meus camaradas e os cara pálidas daqui e de alhures, o Lula está encarcerado injustamente porque vítima de conspirações e perfídias perpetradas por servidores públicos de direita, preconceituosos e de índoles pequeno-burguesas, pois nunca cometeu crimes, a liderar de longe as pesquisas, pois o povo é sabedor de quem o respeitou e quem pelo povo trabalhou, bem como dignificou o Brasil no exterior, a elevar a autoestima e o orgulho da Nação.


O Supremo Tribunal Federal (STF) é a direita violenta e promotora de golpes de terceiro mundo e, por ser o garantidor do sistema de privilégios e hegemonias de classe, soltou o caixa dos tucanos, o Paulo Preto, porque é a vergonha, o vexame e a desgraça do Brasil. Lula Livre! É isso aí.

Um comentário:

Marcos Lúcio disse...

O que mais desejaria, neste momento, prezado Davis, com toda a sinceridade, é que você estivesse equivocado para que eu pudesse dizer que sua lucidez quase desatinada não passa de mimimi rs e que o golpe foi ótimo para o Patropi. Lamentavelmente são inegáveis - à luz da razão, justiça e da ética - , suas contundentes análises/ponderações.