Google+ Badge

quarta-feira, 16 de março de 2016

Moro estupra a Constituição e põe fogo no País

Por Davis Sena Filho — Palavra Livre


No dia do anúncio da aceitação por parte de Lula para assumir a Casa Civil e sabendo, por intermédio de grampos da PF, que Lula iria compor com o PMDB, partido importante que permite dar base e maioria para o Governo no Congresso Nacional, o juiz de primeira instância, que já é há algum tempo a vergonha do judiciário deste País, resolve se vingar e vazar diálogos de Lula com a presidente Dilma Rousseff, que tem foro privilegiado, bem como tornou públicas conversas de Lula com inúmeras pessoas que integram o Governo ou que fazem parte de seus círculos de amizade ou de assessoria informal. Afinal, Lula é ex-presidente e o maior responsável por ter vencido quatro eleições e ter elegido Dilma duas vezes.

O juiz Sérgio Moro ultrapassou todas as medidas e limites. Trata-se, inquestionavelmente, de um golpista fanático, que não se importa com nada, além de atender seus anseios, desmoralizar o Governo e derrubar a presidenta Dilma do poder, independente de qualquer coisa, bem como humilhar e destruir o presidente Lula, de forma que ele seja preso e, consequentemente, nunca mais possa ser candidato a presidente, pois a intenção dele também é fazer com que o PT seja aniquilado e se torne um partido sem votos, pois desconstruído e desqualificado perante os eleitores.

Moro é um irresponsável, um brucutu de direita e que, por vingança e ódio, vazou grampos da PF para a pior, a mais covarde, leviana e corrupta imprensa do mundo, que é a brasileira exemplificada na Globo, principal agente do golpe e que luta para impor sua agenda política no lugar da agenda das autoridades eleitas. Moro acendeu o rastilho de pólvora para, propositalmente e perversamente, colocar a população contra o governo trabalhista, o Lula e a Dilma, a fomentar o ódio e a causar instabilidade política e institucional, a cooperar, inclusive, para que a direita no Congresso dimensione os diálogos gravados, que não indicam quaisquer indícios de ilegalidades e de tentativas de prejudicar o andamento de investigações contra o Lula.

O juiz apostou na convulsão social, além de tentar fortalecer o impeachment de Dilma por parte da oposição, que foi aceito e encaminhado pela Câmara, e, posteriormente, analisado e aprovado ou não pelo  Senado, que julga o impeachment, com o presidente do STF a presidir a sessão para coordená-la, no que que diz respeito à garantia de que os senadores obedeçam os trâmites legais e as normas constitucionais. Moro e a PF saíram dos trilhos e a Globo agora, em seu lugar, vai julgar autoridades investigadas e apostar que a presidenta tentou proteger Lula e influenciar no processo de investigação. A Globo vai investir nessa tese e, com efeito, fazer com que as pessoas se insurjam contra o Governo.

O juiz Moro não engana ninguém, a não ser os imprudentes, os desavisados, os incautos, os desinformados, os ignorantes e os que são, por natureza ideológica e política, golpistas de direita, que, independente de qualquer coisa, do que é justo ou injusto, apoiam essa histeria e violência contra pessoas que foram eleitas legalmente e democraticamente, a respeitar o jogo democrático, mas, mesmo assim, são alvos de ações de pura vilania e de princípios sórdidos de um juiz que tem de ser destituído imediatamente de sua vara no Paraná e de suas funções de golpista incendiário, que, inconformado e rancoroso, enlouqueceu com a ida de Lula para a Casa Civil da Presidência da República.

Sérgio Moro não tem mais condições, como juiz, de apitar uma “pelada” de futebol. Trata-se de um insano, de agente do arbítrio, que rasgou a Constituição, porque agora tal juiz de primeira instância vai ter de tratar da Lava Jato sem o Lula, a quem ele persegue de forma diuturna e feroz, a se aproveitar de sua posição de juiz, o que significa o aviltamento da carreira de magistrado e o desrespeito à Justiça e à sociedade brasileira.

O CNJ tem de urgentemente destituir esse juiz de província, mas portador da grandiloquência dos ditadores. Moro tem de ser duramente punido e sumariamente afastado de suas funções. Trata-se de um inepto, assim como de um vingativo estúpido, porque, na verdade, nunca ponderou sobre seus atos e ações, que colocam a estabilidade política e as instituições na corda bamba e promove, propositalmente, a violência da turba ignara, que não sabe como funciona e acontece os bastidores da política brasileira, que está em crise há quase três anos.

A Globo em seus jornais fascistas dá uma conotação ilegal às conversas, pois apresentadas pelos seus âncoras e repórteres como um dramalhão mexicano com a intenção de fazer com que a classe média branca, a mesma das manifestações de domingo, saia às ruas como uma turba descontrolada para gritar pelo impeachment de Dilma Rousseff. Moro cometeu crimes e agora está sob as asas da Globo, que se movimenta diuturnamente para amparar e escamotear seus crimes contra o estado de direito e principalmente contra a presidente da República que tem foro especial.

Como faz agora a Globo, com a atitude politicamente fanática desse juizinho de província, que pensa que manda no Brasil, porque, tal qual ao PSDB de Aécio Neves, a imprensa dos magnatas bilionários e os setores do sistema judiciário (Justiça, PF e Procuradoria Geral do Janot), não aceitou os resultados das eleições de 2014, que reencaminhou a presidente Dilma para seu segundo mandato, conquistado legitimamente e legalmente pelos votos do povo brasileiro. Com o fim oficial das gravações, a competência da Vara de Curitiba, a de Moro, também se findou, a ser, então, o STF o destinatário legal dos áudios e não a Globo. O Próximo passo das Organizações(?) Fascistas da Globo vai ser incrementar a ida dos coxinhas de classe média às ruas.

Dilma vai processar o juiz irresponsável e político. Lula vai processá-lo e um monte de gente vai processá-lo pelos seus crimes contra a Constituição e ao estado de direito. Moro não é juiz. Esse elemento sem classe não passa de um agente do golpe, motivado pelo golpe e encolerizado pela vontade de destruir aqueles que ele considera como seus inimigos políticos e do grupo a qual o magistrado pertence. Moro quer implantar um estado policial — policialesco no Brasil, a fim de acabar com as garantias civis e democráticas, a rasgar, como fez, a Constituição e os códigos do Direito. A extrema-direita está nas ruas, a ter a violência como sua ferramenta de atuação política, com a cumplicidade do sistema judiciário e, especialmente, de uma PF insidiosa, golpista, insubordinada e totalmente rebelada contra o Governo.

Tal juiz grampeou pessoas presas até dentro do banheiro, a demonstrar que sua Justiça começa no mictório. Grampeou o presidente do STF, Ricardo Lewandowski, além de outros ministros da Corte, tudo em nome de sua vingança pueril e leviana, assim como de seu autoritarismo similar aos nefastos ditadores da América Latina. Moro tem de ser urgentemente questionado pelo CNJ e processado e demitido de suas funções.

Sérgio Moro botou fogo no País, apagou a fogueira com gasolina e estuprou a Constituição. Esse homem cometeu graves ilegalidades e malfeitos como juiz, fato este que se torna de natureza ainda mais grave, mas é o Lula que é tratado como bandido. Moro deveria prender fogo em seu juízo, porque a história vai lhe guardar um lugar conforme o tamanho de sua mediocridade. É isso aí.

13 comentários:

Jorge Marcelo disse...

Após a nomeação do ex-presidente Lula para a Casa Civil, Dilma Rousseff irá nomear os seguintes ministros nos próximos dias:
- Goleiro Bruno para a Secretaria da Mulher;
- Tiririca para o Ministério da Educação;
- Adolf Hitler para a Secretaria de Igualdade Racial;
- Fernandinho Beira-Mar para o Ministério da Justiça;

TUCANALHA FDP disse...

E a tua mãe como puta chefe da zona.

Anônimo disse...

Só li o título.
E concordo plenamente.
Até em cláusula - pétrea - estão mexendo.
E Lula criou o ministério da Pesca e aprovou a reforma ortográfica.
O povo se enche...
Mas a verdadeira crise não é política.
Essa passa.
A crise é econômica. Se Lula acalmar o Congresso, o governo governa e aí se obriga a fazer um pouco mais do que tem feito. E grande parte do que prometeu.
Prometeu, cumpra.
Ou se manque....
babalu

Edgar Siqueira disse...

Não entendo
A gravação foi ilegal, mas após uma pericia ela deveria ser entregue ao stj.
Ele grava ilegalmente e entrega para a globo que já pronta insufla a população a ir para rua.
Esse moro é um ditador juiz regional que se acha chefe da gestapo
Ah rede globo falou em golpe de estado ditadura a globo sempre no meio
Grampear a presidencia e dar a fita para globo crime de lesa patria
Forças armadas detenham esse imbecil

Toni Araújo disse...

mimimi...

Unknown disse...

Serio mesmo que vocês estão mais preocupados com foro privilegiado do que com o conteúdo? Não consigo entender como aceitam a vergonha e promiscuidade corrupta desse pais e não aceitam que um juiz tenha coragem de delatar publicamente os fatos.

Rapa Capa disse...

É porque você é um coxinha burro e mal intencionado e por isso acha normal dar golpe.

Bento Ribeiro disse...

Baba-cu pensou e falou e poluiu o mundo com cheiro de merda.

NILTON CESAR JORGE disse...

Olha até gosto de coxinha...rsrs, mas não me interprete mal. Não defendo este ou aquele partido, votei no Lula no primeiro mandato e fiquei muito mal com mensalão, porque esperava mais dele. Quando veio a Dilma, acreditei nela e hoje vejo um pais devastado pela corrupção e economicamente agonizante. Sei que ladrões todas são, um amigo que foi politico diz que 10% não é roubo é participação e beneficio. Mas vamos ser cegos aos fatos? Vamos enterrar a lava jato e deixar que a impunidade tão criticada pelo Lula no passado reine? Não é golpe, entrou democraticamente, sai democraticamente. 70% de rejeição não é suficiente? Lamento que você necessite me ofender para tentar esconder sua insegurança. Um abraço Rapa Capa.

Anônimo disse...

Bento Ribeiro, quem escreve cu, merda e afins é você seu boçal, tosco e estupido.

Rapa Capa disse...

Fale do mensalão tucano e dos mais de cem casos de corrupção de tucanos que estão nas gavetas ou arquivados. Como pode a lava jato não intimar e não ouvir um simples depoimento de gente do PSDB. Não falo nem punir, como bem diz o Davis, os tucanos são inimputáveis, mas nem para depor. Como pode, por exemplo, o Aécio ser citado cinco vezes, por quatro pessoas diferentes, sendo que um delas é o Youssef, antiquissimo agente financiador do PSDB, que o Moro, um golpista sem vergonha, prendeu uma vez, ele cometeu crimes e o juiz sem vergonha prendeu mais uma vez, mas com a obrigação de fazer delação premiada que atinja só petistas. Como pode, um dos maiores doleiros do País, ligado há muito tempo aos tucanos, só deleta petistas? Financiamento de tucano é doação? E do PT propina? Sinto muito, velho, mas você tem uma conversa mole e sem raciocínio lógico. Você é golpista e ideologicamente de direita. A verdade é que você apoia golpe, mesmo sabendo como eles são e como acaba. Você é um golpista e coxinha. Compre algumas e leve para sua casa.

NILTON CESAR JORGE disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
NILTON CESAR JORGE disse...

Continua tentando me ofender. Concordo com no que vc diz sobre tucanos, mas um fato não anula o outro. Collor caiu por menos e com apadrinhamento do Lula que eu admirava. Cara antes de qualquer coisa somos brasileiros e seres humanos. A União deve ser estabelecida na busca a verdade e da justiça. O que não podemos e ser cegos a realidade, tudoo isso representa o futuro dos meus filhos da sua família. Olha como esta a educação, a saúde, aeconomia...dizer que a oposição e responsável é bobagem, a base governista era maioria, se perdeu mesmo fazendo barganhas. Hj a oposição é da base governista. Bom espero que todos os corruptos recebam seu julgamento independente do partido. Para de dizer que é golpe. Lamento te informar mas o Lula, a Dilma e o PT...São corruptos.