Google+ Badge

quinta-feira, 24 de setembro de 2015

Raio X de Coxinha — Fascista coxinha do PSDB ataca Stédile

Por Davis Sena Filho — Palavra Livre



Perfil de um coxinha


Quando você pensa em um coxinha, o que lhe vem ao pensamento? Eu, por exemplo, penso em um analfabeto político, portador de uma imensa ignorância sobre o Brasil e o povo brasileiro, distante das realidades do povo deste País, de temperamento e caráter frio, egoísta, rancoroso, sectário, e, o pior de tudo, violento. Digo, violento, no sentido de verdadeiramente e realisticamente se dispor à violência física contra as pessoas que não pensam como um coxinha. Por seu turno, o que move o coxinha é o ódio de classe, de fundo econômico, assim como o ódio racial. A cólera e o preconceito são seus combustíveis.


E como é construída a formação psicológica de um ser humano coxinha? Respondo: Por intermédio da desinformação, da confusão mental sobre história, política e sociedade, de conceitos distorcidos pelo próprio coxinha, pelos seus pais e pelos os grupos com os quais tal reacionário sempre conviveu, desde pequeno, bem como aprendeu, e por isto acredita, piamente, que os direitos, ou seja, as coisas boas e necessárias da vida são para ele e seus "iguais" usufruírem, mas, por sua vez, os deveres são obrigações para os outros que não frequentam sua tribo. E olhe lá, pois que se dê por satisfeito e sem reclamar, mesmo se morar em uma favela violenta, sem quaisquer infraestruturas e acesso à educação e ao emprego dignos e de boa qualidade.


Descobrir se uma pessoa ou um bando de pessoas são coxinhas basta ir aos bares, restaurantes, reuniões de condomínio, eventos sociais e profissionais, escolas, faculdades, enfim, ao seu próprio emprego. Eles não tem noção de brasilidade, porque o são completamente colonizados, apátridas, portadores de um imenso complexo de vira-latas, detestam o Brasil e odeiam seu povo. Contudo, são servis e puxa-sacos da gringada bem nutrida, invasora e pirata de terras alheias, além de completamente frouxos, porque quando o pau come esses coxinhas acostumados a vociferar pela internet e redes sociais somem como coelhos e lebres ao tentar escapar com vida de um puma ou de um lobo.


Gente frouxa, leviana, covarde, desprovida de força telúrica e de ideologia. Não conhece a história de lutas do corajoso e inteligentíssimo povo brasileiro, alvo de covardias seculares de uma "elite" entreguista e golpista, que deseja que o Brasil fique eternamente como vagão de locomotiva, quando a verdade é que o poderoso País sul-americano de língua portuguesa, uma das economias mais fortes e diversificadas do mundo, tornou-se locomotiva e os coxinhas, párias, pois vazios de sentimento de brasilidade, não perceberam que o Brasil é muito maior do que pregam suas vãs filosofias.


Pobre da nação que tem uma casa grande subalterna, subserviente, entreguista e colonizada como a brasileira, ao tempo que covarde e violenta com seu próprio povo. E é exatamente por intermédio desse processo vampiresco, de exploração e irresponsabilidade social, que o coxinha rico e de classe média, geralmente formado em alguma faculdade, luta para manter intacto o status quo que o beneficia.


Só que é uma burrice sem igual ou tamanho, porque quanto maior a miséria, a pobreza, a falta de condição de ter uma vida digna, maior vão ser as probabilidades de uma sociedade, multirracial e multicultural como a Brasil, viver em crise moral, financeira e econômica, porque quando falta pão todo mundo briga e ninguém tem razão. Fico a imaginar se o Brasil e a América Latina não tivessem eleitos presidentes trabalhistas, socialistas ou de esquerda, como ocorreu a partir do inicio deste século XXI. Como estaria o Brasil agora, no que diz respeito à violência, se não fossem implementados vários programas sociais, desde a segurança alimentar até bolsas para alunos pobres estudar no exterior? A violência estaria incontrolável, exponencialmente maior do que agora. Sem dúvida!
   

Enquanto isto temos cidadãos coxinhas a verbalizar impropérios pelas redes sociais e nas ruas, bem como estão a intimidar, inclusive de forma criminosa, aqueles que não coadunam com seus pensamentos e propósitos fascistas e elitistas, além dos maus sentimentos que os coxinhas escondiam, mas não escondem mais, porque, definitivamente, perderam a vergonha de mostrar, sem qualquer recato e pudor, o lado da besta-fera que emergiu de seus corações. Realmente, diabólico...


São coxinhas que não compreendem ou desconhecem os bastidores da política, mas, por instinto de preservação de suas "condições" sociais, voltam-se contra o Governo Trabalhista de Dilma Rousseff, bem como ferozmente contra uma possível candidatura de Lula, alvo predileto de suas voracidades e campanhas sórdidas, de suas mentiras e manipulações, a ter como fonte da miscelânea ou da maçarocada de maus fluídos e de palavras atrozes a imprensa alienígena e de negócios privados dos magnatas bilionários e historicamente antinacionalistas e politicamente golpistas e entreguistas.


Juntemos, simbolicamente ou metaforicamente, Satanás e Cérbero, o cão do inferno, teremos, inapelavelmente, a mentira no lugar da verdade, a impudicícia no lugar da virtude, o desassossego no lugar da paz, a leviandade no lugar da prudência e o golpe político no lugar da ordem democrática. E os coxinhas querem, no fundo, o fim da democracia e estão a pouco ligar para a corrupção, porque demonstram tal conduta quando votam no PSDB, que, no Brasil, tucanos são inacreditavelmente inimputáveis.


Exatamente ocorre isto, apesar das centenas de escândalos políticos e financeiros, a exemplo do maior deles, as privatizações da Era FHC, responsável pela venda de 125 estatais, o que fez do Brasil o País que efetivou a segunda maior alienação de patrimônio público e a primeira roubalheira da história da humanidade, porque realmente a privatização foi um processo surreal e de desmonte criminoso do Estado nacional. Mesmo assim, e no final das contas, não temos qualquer tucano preso, e olha que essa gente entreguista e, agora, golpista, foi denunciada, com provas, pelo livro de Amaury Ribeiro Jr., "A Privataria Tucana", bem como a Lista de Furnas existe realmente e comprovadamente, e está nas mãos de promotores e juízes, além de policiais. Na lista consta praticamente toda a oposição. O escândalo engavetado do PSDB e aliados.


Stédile e a intolerância dos coxinhas fascistas


Vire-se a página e passemos a falar do líder nacional do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), João Pedro Stédile, um dos maiores brasileiros da atualidade, homem de caráter, corajoso, além de ser um pensador de alto nível e, com efeito, também respeitado no Brasil e no exterior, por estar à frente de um movimento de âmbito nacional, histórico, que trata da questão da terra, dos problemas sociais graves causados pelos latifúndios, ou seja, por empresários rurais irresponsáveis e completamente dissociados dos interesses da sociedade brasileira, da qual obtém seus gigantescos lucros para viver nababescamente.


Eu falo do grande produtor e exportador de bens primários, que financia políticos para barrar pautas que tratam da reforma agrária no Congresso Nacional e nos escaninhos dos tribunais de primeira instância até os tribunais superiores, cujos juízes, muitos deles, dão ganho de causa ao lado poderoso, até porque inúmeros o são também fazendeiros ou filhos deles. Não há classe mais reacionária, sectária e violenta do que o homem rico do campo, a não ser os magnatas bilionários e donos dos meios de comunicação de negócios privados. Estes, então, são o fim da picada. O retrocesso em toda sua essência, o reacionarismo em toda sua plenitude — o atraso mental e social da espécie humana.    


Empresários do campo que transformam o bem inigualável e incomparável que é a terra, pois produtora de alimentos, em terrenos para fomentar e favorecer a especulação imobiliária, além de eles combater a agricultura familiar, a distribuição pelo Governo Federal de terras devolutas, bem como outros pagos que são improdutivos e mesmo assim continuam nas mãos de quem não produz e não quer produzir. Ponto.


Gente rica e poderosa, que efetiva chicanas jurídicas e judiciais nos tribunais, com o apoio de juízes ideologicamente de direita, politicamente conservadores e contrários a mudanças, porque salvaguardas dos interesses da casa grande — do establishment. A casa grande construtora de senzalas e responsável direita pela pobreza e violência que vicejam no Brasil, além de arquiteta das favelas e das periferias de todo o País. A casa grande da escravidão de 350 anos, a maior vergonha nacional e responsável maior de o País até hoje não ter realizado uma reforma agrária universal, demanda social esta, se acontecesse, diminuiria, verdadeiramente, a violência e a pobreza que, infelizmente, ainda existem e acontecem no Brasil.


João Pedro Stédile esteve em Fortaleza, no dia 23 deste mês, a convite do movimento Democracia Participativa, na Universidade Federal do Ceará, para ministrar uma palestra sobre reforma política. Ao desembarcar e se dirigir ao estacionamento do aeroporto da capital cearense, deparou-se com uma turba de coxinhas de classe média, todos brancos e bem alimentados, conforme se vê no vídeo dessa desrespeitosa mobilização contra o principal dirigente do MST. Selvagens e completamente desmiolados, além de ridiculamente despolitizados, essa gente mal educada pensa que está acima das leis, porque tem algum dinheiro, é de classe média, estuda ou se formou em algum curso universitário, além de ir à Miami e Orlando para ver o Mickey e dar uma de Pateta...      


Os histriônicos e histéricos e descontrolados coxinhas, que são abduzidos por uma imprensa de direita, corrupta e golpista desde que nasceram, bem como também seus ancestrais mortos e vivos passaram pelo mesmo processo de lobotomia, agora partem para a ignorância acometida de intolerância e abordam, antidemocraticamente e desrespeitosamente, o João Pedro Stédile e sua companheira. Eles surtaram e se tornaram um caso psiquiátrico. O cercam, o intimidam e proferem palavrões, além de expressarem gritos de ordem ridículos, que denotam ignorância crônica e atrofia intelectual, como "MST vai pra Cuba com o PT!".  Realmente, essa gente do poucas virtudes deveria estudar e olhar a vida com mais tolerância e respeito.


Entretanto, e para finalizar, é importante afirmar que tal súcia de coxinhas sem noção e analfabetos políticos foi organizada pelo "empresário", Paulo Angelim, um fanfarrão filiado ao PSDB, o partido elitista e sectário, que serve e governa somente para os ricos, bem como levou o Brasil à bancarrota porque foi ao FMI três vezes, pois quebrou o País três vezes. Essa pessoa desprovida de civilidade e que, certamente, deve se considerar, em meio à sociedade que frequenta, um cidadão civilizado, culto, inteligente e, principalmente rico. Só que Paulo Angelim é o reverso e o inverso disso tudo, além de se mostrar um completo imbecil, intolerante e antidemocrático, porque autoritário e violento. Só isso e nada mais, além da mediocridade.



João Pedro Stédile deveria processar tal coxinha empresário e o responsável por tamanha ignomínia e selvageria. Tem de fazer igual aos ex-ministros da Fazenda, Guido Mantega, e da Saúde, Alexandre Padilha, que foram intimidados e ofendidos em restaurantes e hospital por coxinhas levianos, que babam de ódio ideológico e político, como cães loucos. Os dois processaram seus ofensores, que depois botaram o galho dentro, recuaram e pediram desculpas públicas. O fascismo existe, porque ele se aloja nas mentes e nos corações daqueles que estão dispostos a fazer do mundo um inferno para que possam ter vantagens, benefícios e privilégios. O fascismo não passará. É isto aí.

Veja o vídeo

15 comentários:

Jorge Marcelo disse...

Muito bom o ato da galera de Fortaleza! Deveriam ter jogado um ovo podre no invasor de terras metido a Robin Hood...kkkkkk...O melhor do vídeo foi o carrão de luxo aguardando o Stédile! Só sendo muito alienado pra acreditar ainda no Partido Trambiqueiro.

Bento Lisboa disse...

Vagabundo coxinha burro na área falando merda e mais uma vez não compreendendo nada. O artigo é irretocavel e competente. O Davis fez um raio X de coxinha tucanalha.
Davis, feliz aniversário e que Deus te preserve.

Alzira Medeiros disse...

Ótimo artigo. Severo e ao mesmo tempo humanista. Parabéns pelo seu aniversário, Davis Sena Filho. Minha admiração por você e de milhares de pessoas que lêem seus artigos é enorme. Muita saúde e paz.

Magda Magalhães disse...

Parabéns pra você, meu querido. Que Deus ilumine esta inteligência ímpar e este coração e esta alma nobrés. Seu artigo desnudou a calhordice, a violência e a ignorância dos coxinhas. Parabéns e um grande abraço.

Anônimo disse...

Acuse os do que vc faz, kkk, olha o que esse sujeito escreveu, tem que ser muito idiota mesmo ,,, ,,, Juntemos, simbolicamente ou metaforicamente, Satanás e Cérbero, o cão do inferno, teremos, inapelavelmente, a mentira no lugar da verdade, a impudicícia no lugar da virtude, o desassossego no lugar da paz, a leviandade no lugar da prudência e o golpe político no lugar da ordem democrática. E os coxinhas querem, no fundo, o fim da democracia e estão a pouco ligar para a corrupção, porque demonstram tal conduta quando votam no PSDB, que, no Brasil, tucanos são inacreditavelmente inimputáveis.

Horácio Peralta disse...

Idiota é a mãe do Anonymous que pôs no mundo uma merda humana desta. Além de anônimo, não passa de um safado.

Horácio Peralta disse...

Quem lê o Anonymous? Niguém.

Jander moreira da silva disse...

Um artigo que mostra a cara dos coxinhas. Fica evidente que os coxinhas são uma desgraça para o Brasil.

Maria disse...

Violência e covardia .Onde estavam os seguranças do aeroporto ? Direita atrasada,estúpida e despolitizada.

Henrique R disse...

Como são alienados, burros e analfabetos os coxinhas e seus asceclas:

O que diz a Lei Magna
"No Brasil, mesmo com os direitos garantidos no Estatuto da Terra (de 1964), na Constituição Federal (1988) e mais recentemente (em 1993) na lei nº 8.634, todos garantindo um direito à reforma agrária; ainda existem “terras presas” e agricultores sem a terra para trabalhar."

Unknown disse...

"O Brasil hoje tem reservas suficientes para que não tenhamos nenhum problema, nenhuma disruptura por conta do dólar”, afirmou a presidenta. Ela disse haver preocupação por parte do governo porque há empresas que têm dívidas em dólar.

http://www.brasil.gov.br/economia-e-emprego/2015/09/201cbrasil-tem-reservas-suficientes-para-nao-haver-nenhum-problema201d-afirma-dilma-sobre-dolar

Parte do discurso da presidenta Dilma... Alguém sabe me dizer o que essa mulher quis dizer com "disruptura"??... Tal como seu mentor Lulla, Dillma não sabe nem se expressar... Numa frase, não está preocupada com a alta do dólar, na frase seguinte se lembra que existem empresas com dívidas em dólar. Realmente ela e sua inépcia representam todos vocês petralhas, que apoiam incondicionalmente esse governo corrupto e incompetente.

Paulo Blanc disse...

Unknown, vai fazer outra coisa, meu filho. Vai lavar uma trufa de roupa, arrumar seu quarto de coxinha, visitar a Disney, limpar latrina em Miami e achar bom ou vá embora do Bradley, país que você detesta. Meu filho, como analista político você é uma mera.

Paulo Blanc disse...

*corrigindo: trouxa de roupa e embora do Brasil

Mitra Lenwinski disse...

Davis Sena Filho seu texto, não somente de te, é genial.

Jose Henrique da Silva disse...

Infelizmente o Fascismo impera neste País, Olha aonde o Lider do MST desembarcou. Em um aeroporto!!! Território adorado e idolatrado pelos coxinhas que acham que o Pobre tem viver eternamente em uma Rodoviaria.