Google+ Badge

quarta-feira, 12 de agosto de 2015

A marcha dos coxinhas insensatos, o Brasil real do PT e o País da era FHC

Por Davis Sena Filho — Palavra Livre

A MARCHA DOS COXINHAS GOLPISTAS GUIADOS PELA IMPRENSA DE MERCADO
O dia 16 de agosto vai ser dedicado à apologia do golpe contra a presidenta Dilma Rousseff, nas principais capitais do Brasil, principalmente em São Paulo, Estado da Federação historicamente de oposição e beligerante a presidentes trabalhistas. Os principais atores dessa velhacaria e hipocrisia são os coxinhas de classe média, além de movimentos de grupos de direita, alguns de essência fascista, que se formam e se comunicam pela internet.

Maltas que saem às ruas iguais a uma boiada desgovernada, em busca de razões plausíveis e reais, no que tange à concretização do impeachment da presidenta Dilma Rousseff, à criminalização do PT e de suas lideranças, bem como vão vociferar contra a corrupção. Tudo será feito de forma mecanicamente pelo fato dessas pessoas apenas repercutirem o que veem, escutam e leem na grande mídia — a imprensa dos magnatas bilionários, que, evidentemente, faz oposição às esquerdas desde sua fundação em terras brasileiras.

Contudo — e quase todo mundo sabe —, o grande problema da direita brasileira não é a corrupção, até porque quando ela esteve no poder a corrupção campeou pelos quatro cantos e não foi combatida sistematicamente como ocorre agora, no Governo Dilma, bem como ocorreu no Governo Lula, que fortaleceram a Polícia Federal em todos os sentidos, nomearam procuradores-gerais e não se intrometeram com suas ações, além de darem independência total à Controladoria Geral da União (CGU) e à Advocacia Geral da União (AGU).

Entretanto, quanto mais os governos trabalhistas prenderam e prendem os corruptos e os ladrões do dinheiro público, mais a oposição de direita e a imprensa familiar acusam o governo de corrupção, pois, na verdade, a intenção é realmente sangrar de morte tanto a atual mandatária quanto o ex-presidente Lula, que, em 2018, tem condições de ser um forte candidato à Presidência da República. Lula é alvo, e sempre o será, pois, igual a Getúlio Vargas, político histórico, de estatura internacional e portador de milhões de votos.

Todavia, percebe-se que está a acontecer um recuo da direita deste País quanto ao impeachment de Dilma, pelo menos no discurso de megaempresários, a exemplo dos irmãos Marinho, do presidente do Senado, Renan Calheiros, além das palavras moderadas de tucanos de poder, como o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, o senador José Serra, o governador de Goiás, Marconi Perillo, até mesmo o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso — o Neoliberal I —, que vive em um eterno morde e assopra, pois cidadão contraditório em tudo o pensa e fala, mas que na hora de decidir entre um candidato paulista à Presidência e o senador mineiro-carioca, Aécio Neves, evidentemente que o grão-tucano vai optar pelo primeiro, já que FHC é intrinsecamente ligado ao status quo paulista.

O candidato derrotado e inconformado, além de rancoroso e mau perdedor, Aécio Neves, sabe que sua batata está a assar, porque o advento do impeachment contra uma mandatária legitimamente eleita com 54,5 milhões de votos, assim como nunca incorreu em crimes de responsabilidade é uma incomensurável bola fora, porque haveria, sem sombra de dúvida, forte reação interna, movimento este que nunca se sabe como acabaria. Por seu turno, haveria também reação externa, por intermédio dos Brics, do Mercosul e até mesmo nos Estados Unidos, país que atualmente não veria com bons olhos uma crise sem precedentes no maior País da América Latina, com mais de 210 milhões de habitantes e que vivencia uma democracia consolidada. De outro modo, a única coisa que se sabe é que não se apaga incêndio ou labaredas com gasolina...

No Brasil, definitivamente, não há mais espaço para golpes e aventuras que ultrapassem as raias da irresponsabilidade. Sabemos como os golpes o são e o que causam à sociedade em termos de prejuízos em todos os campos de atividade humana. Discutir impeachment é irresponsabilidade. Propagá-lo pelas mídias privadas e públicas é crime, porque se torna uma conspiração contra os eleitores, que votaram em Dilma Rousseff, soberanamente. Impeachment colocado nesses termos é golpe, sim. E golpe é crime constitucional e institucional, e, portanto, passível de punições, conforme os ditames da Lei.

Conspire dessa forma nos países ditos desenvolvidos, que os coxinhas paneleiros tanto admiram para ver no que vai dar. Repressão dos órgãos de segurança e cadeia determinada pela Justiça. A crise política causa danos à economia, sendo que a inflação tão propalada pela imprensa alienígena, o “desmanche” da Petrobras e a corrupção, que se tornou o mote ou o trunfo da direita de oposição estão bem distantes do que acontecia, sobre os mesmos assuntos, nos governos anteriores aos do PT.

A imprensa, a oposição liderada pelo PSDB e a imprensa dos magnatas bilionários donos de monopólios de comunicação sabem muito bem que o governo que deixou o Brasil em situação pré-falimentar foi o do Fernando Henrique Cardoso — o Neoliberal I ou o Príncipe da Privataria —, que vendeu 125 empresas públicas, realidade esta que coloca o Brasil como o País que realizou a segunda maior privatização da história do planeta, a perder somente para a União Soviética, atual Rússia.

As privatizações de FHC não foram vendas, mas, sobretudo, liquidações do patrimônio público, que os tucanos não construíram e jamais construiriam, pois essa gente provinciana e colonizada sempre se negou a pensar o Brasil. Depois o cidadão brasileiro que gosta de seu País tem de ouvir sandices e desconsiderações por parte de uma “elite” tacanha e de uma classe média reacionária, que se alia aos interesses dos ricos, porque, equivocadamente, considera-se parte dos valores e dos princípios da burguesia. Coisa de pequeno burguês sem noção, que não se enxerga e não percebe que sempre será um empregado das empresas dos grandes e médios empresários.

Agora a pergunta que não quer se calar: Se o Brasil é tão ruim, incompetente, atrasado e não causa sentimento de respeito e de brasilidade a essa gente, por que, então, somos um País que, dentro das perspectivas de ser uma Nação emergente, tínhamos tantas empresas ao ponto de realizarmos a segunda maior liquidação de estatais do mundo? Respondo: porque temos trabalhadores, técnicos, pesquisadores e cientistas de alto nível, ao tempo que temos uma classe dominante antidemocrática, tacanha e atrasada, que aposta no retrocesso e nunca valorizou o Brasil e seu povo, mas mesmo assim somos capazes de realizar qualquer coisa, como demonstram os números e índices gigantescos de nossas empresas públicas liquidadas para encher os bolsos de países estrangeiros.

Não é qualquer País que tem conhecimento e competência para criar empresas dos portes de Itaipu, Belo Monte, transposição do Rio São Francisco, Petrobras, Vale do Rio Doce, BNDES, Caixa Econômica, Banco do Brasil, Chesf, Embraer, Telebras, Embratel, Nuclebras, Portobras, Embrapa, Ponte Rio-Niterói, CSN, dentre muitas outras, que foram transferidas para mãos privadas e que oferecem péssimos serviços, além de muito caros, a exemplo das telefônicas privatizadas.

Os coxinhas paneleiros deveriam saber disso e parar de dar somente crédito às notícias que eles ouvem na grande mídia corporativa e de negócios privados. Para bom entendedor, meia palavra basta. Em 2010, as empresas privatizadas faturaram R$ 300 bilhões. Ora bolas! Baseando-se no valor do dólar em dezembro de 2009, os lucros foram de US$ 177 bilhões. A receita total por intermédio das privatizações, de 1991 a 2002, foi da ordem de US$ 87,5 bilhões. Resumo da ópera: a liquidação tucana, ou seja, o valor da doação das empresas brasileiras significa a metade do faturamento de somente um ano dessas estatais.

Os áulicos da economia do Governo FHC e da imprensa de mercado anunciavam, em tons altissonantes, que vender as estatais era uma questão imperativa, porque reduzir o endividamento do Estado nacional era obrigação. Pura balela, incompetência e irresponsabilidade na gestão do PSDB. A dívida líquida do setor público no Brasil, em 1991, era de US$ 144 bilhões. No último ano do Governo FHC, em 2002, com tudo que a privatização deveria ter “abatido” deste valor, a dívida do setor público passou a ser de US$ 300 bilhões.

Os tucanos são predadores e se tivessem tempo e não fossem contestados pela oposição partidária da época, além da sociedade civil que se mobilizou, a Petrobras e os bancos estatais federais também seriam vendidos, a preço de banana, talvez com a aquiescência da classe média coxinha que se prepara para realizar uma manifestação sem pé e nem cabeça, porque odeia o Brasil, além de ser preconceituosa com seu povo mais humilde, bem como se recusa a estudar história e, por sua vez, parar de pensar e falar tolices, bobagens e baboseiras.

A Petrobras tinha em 2002 (FHC) um patrimônio líquido de R$ 65 bilhões. Em 2013, e com a efetivação dos trabalhos do Pré-Sal, o patrimônio era da ordem de R$ 345 bilhões, um crescimento de 430,8%. Além disso, o lucro anual da Petrobras no Governo de Fernando Henrique foi de R$ 4,5 bilhões. Já nos governos Lula-Dilma até o ano de 2013 atingiu o gigantesco valor de R$ 25,2 bilhões. Os números são definitivos e retratam a enorme diferença de gerenciamento do governo petista para os dos tucanos, que afundaram a maior plataforma marítima do mundo, a P-36, bem como paralisaram os investimentos da poderosa petroleira, pois a intenção era privatizá-la.

A verdade é que os tucanos e seus aliados nunca se importaram com o desenvolvimento do País. Trata-se da direita sectária e elitista, que governa e sempre governou para poucos, a atender os interesses das classes privilegiadas. Ao contrário do governo entreguista de Fernando Henrique, a administração Lula consolidou o capitalismo e instrumentalizou o Estado nacional. O petista gerou mais de dez milhões de empregos, fomentou e aumentou enormemente o mercado interno e fortaleceu o Estado, que voltou a cumprir seu papel constitucional de investir e, consequentemente, melhorar as condições de vida da população, principalmente a parte mais pobre, que passou a ter acesso ao consumo.

Quem pensa que os números se resumem apenas à Petrobras, também se engana. Quanto à corrupção, quem a combateu de fato foram os governos do PT, que aparelharam e equiparam a Polícia Federal, contrataram milhares de servidores por meio de concursos e permitiram que a PF tivesse autonomia para investigar e realizar suas ações. Nos Governos Lula e Dilma foram realizadas 2.226 operações, sendo que na administração do ex-operário metalúrgico foram efetivadas 1.273 operações com 15.754 prisões. A partir do Governo Lula se começou, de fato, a limpeza da máquina estatal, no que é relativo à corrupção.

De 2003 a 2014, período dos trabalhistas no poder, foram presas 24.881 pessoas, sendo que dessas 2.351 são servidores públicos e 119 policiais federais. Por isto é muito questionável quando a imprensa comercial e privada, o PSDB, os coxinhas de classe média e outros setores conservadores da sociedade ficam a vociferar que nunca houve tanta corrupção no Brasil, quando a verdade incontestável é que nunca se combateu tanto a corrupção neste País, bem como nunca prenderam tantas pessoas, inclusive policiais federais e grandes empresários, em um País em que rico nunca era preso.

Em contrapartida, no Governo FHC foram realizadas exíguas 48 operações. Isto mesmo. Em oito anos, os tucanos não chegaram a 50 operações policiais, quanto mais prender corruptos, até porque o procurador-geral dos tucanos, Geraldo Brindeiro, tinha o sugestivo apelido de engavetador-geral. Além do mais, o Neoliberal I tomou posse no dia 1º de janeiro de 1995 e seu primeiro ato após 18 dias no poder foi extinguir a Comissão para Investigar a Corrupção, criada no Governo Itamar Franco — o verdadeiro pai do Plano Real. Nada mais emblemático, porque logo depois começaram a liquidação do patrimônio público do Brasil — as criminosas privatizações, que até hoje não foram investigadas para se punir os culpados por tão inconsequente rapinagem e pirataria.  

E ainda tem coxinha paneleiro, consumidor do noticiário de uma imprensa corporativa e manipuladora, quando, não, mentirosa, que vai às ruas chamar os governos trabalhistas de corruptos, como parece ser a intenção, no dia 16 de agosto. O analfabetismo político realmente o é uma realidade lamentável. Já dizia o poeta e dramaturgo, Bertolt Brecht: “O pior analfabeto é o analfabeto político”. Sem comentários... Ponto.

Como o impeachment não vai realmente acontecer, para o desespero dos reacionários, intolerantes e golpistas de plantão, agora a reação está também de olho no BNDES, um banco de fomento, que alavancou não só a economia brasileira, bem como financiou obras, projetos e programas em outros países. Realizações ocorridas dentro da legalidade, sem, contudo, estar livre de corrupção, porque tal crime é inerente à condição humana, pois sempre tem alguém que ouve o canto da sereia e se corrompe, mesmo a saber que um dia pode ser pego e preso.


A questão fundamental é combater a corrupção. E o combate está a ser feito pelos governos petistas, que, inclusive, cortaram na carne quando alguns de seus membros se deixaram levar por desejos de ter coisas e dinheiro. Só que no Brasil os tucanos são inimputáveis, bem como os magnatas bilionários de imprensa. E santa essa gente não o é... Pode acreditar. As manifestações vão acontecer no dia 16 de agosto. São golpistas manipulados e golpistas mal-intencionados. Todavia, são a mesma face da mesma moeda. Impeachment é golpe, e a eleição vencida por Dilma Rousseff acabou há dez meses. “Os incomodados que se incomodem!” — já dizia Rita Lee. É isso aí.

47 comentários:

celvio disse...

Texto perfeito, Davis. Abs Célvio

Davis Sena Filho disse...

Prezado Célvio
um grande abraço.

Carlos Serafim disse...

Davis,
O Sr escreve como poucos.
Parabéns por mais esse texto.

Henrique R disse...

Os grupos conservadores de SP são muito intolerantes - no país eles são únicos.
Que virtude há numa direita golpista possuidora de um critério moral fascista, preconceituosa, golpista e entreguista?

Henrique R disse...

A São Paulo de mais de 20 anos de PSDB - além de ser o túmulo das CPI - é a mais intolerante e a capital do isolamento, pois:
- a bomba no Instituo Lula foi um caso isolado,
- tiro nos haitianos foi um caso isolado,
- ...

Henrique R disse...

Quando será que o PSDB voltará ao poder (salvo a alienação paulista)?

- quando o PIB recuar 50%,
- quando o salário mínimo for reduzido,
- quando 40 milhões de pessoas voltarem à miséria,
- quando tivermos racionamento de energia,
- quando todas as politicas sociais forem extintas,
- quando a corrupção for novamente escondida por um 'engavetador',
- quando entregarem a Petrobrás ao tio sam,
- quando o FMI aparecer pelo Brasil,
...

Se isto acontecer, tenha certeza absoluta que o PSDB estará no poder.

Jandyra Abranches disse...

Ótimo texto, Davis Sena Filho. Há braços pra luta.

Unknown disse...

GRANDE PARTE DO NOSSO ELEITORADO (GAUCHO E PAULISTA) PERTENCENTE AS CLASSES MÉDIA E POBRE, TEM POR PRINCÍPIO SER DE EXTREMA DIREITA. (ACHAM QUE BABAR OVO DE RICO DA STATUS).

Magda disse...

Davis, artigo irrepreensível e suprima. O verdadeiro partido corrupto é o PSDB. Um partido que no poder vendeu o Estado e não investigou a corrupção. Pelo contrário, a escondeu por ser corrupto.

bruno disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
bruno disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

Status mesmo é ser preso pela PF

Paulo Blanc disse...

Por que todo coxinha imbecil, burro e analfabeto político ri como se fosse uma hiena pirada?

Anônimo disse...

Por que todo esquerdista pão com mortadela que participa de passeata paga e ama ditadores salafrários é cego e compactua com corrupto e acha que só ele, que faz parte de 7% que aprova a ladra que está no poder acha que pode chamar alguém de analfabeto político?

Niltinho Computadores disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

Você recebe quanto do dinheiro público para escrever essas besteiras?

Anônimo disse...

Caramba como você fala merda! PT nunca mais cara, só para que saiba eu sou pobre tá seu fascista.
Dia 16-08-2015 Vamos todos para as ruas sim, quer vc queira ou não

Henrique R disse...

O oráculo coxinha - a rede sonegadora, ops, globo - tirou o apoio ao golpe e outras manifestações coxinhas.
Parece que só vai aparecer o que resta de analfabeto polítco - educados pelo oráculo coxinha - na "grande" manifestação!

Anônimo disse...

"Conspire dessa forma nos países ditos desenvolvidos, que os coxinhas paneleiros tanto admiram para ver no que vai dar."

Legar como o cara é hipócrita em cagar regra. Se conhecesse realmente a vida politica em países desenvolvidos, saberia que isso é EXTREMAMENTE comum.
Primeiro que em regimes parlamentaristas o 1o ministro cai sem ter cometido crime algum. E nos poucos países desenvolvidos presidencialistas como o Chile e Estados Unidos, adivinha? Uma quantidade enorme está pedindo impeachmant do Obama e da Bachellet nesse exato momento....

A não ser que você considere como país dito desenvolvido Cuba ou Venezuela... quem pede impeachmant lá está na cadeia, afinal de contas vivem em uma ditadura. E não venha com choro, que não sou eu que falo isso, são os países ditos desenvolvidos.
Analfabetismo politico é dose... recomendo acessar mais sites de politica fora do Brasil... bom, tem que saber ler ingles né... acho que ai complica mesmo u.u

Marcos Lúcio disse...

Você, como sempre, dá um show de conhecimento e lucidez.Assertivo e irretocável , para variar, este brilhante texto. Vou compartilhar um outro que está em sintonia similar.Abraço

IO protesto de domingo morreu antes de nascer. Por Paulo Nogueira

O protesto de domingo morreu, tecnicamente, antes de nascer.

A causa mortis foi a NOG, a Nova Ordem da Globo, aquela que tira formalmente o apoio ao golpe.

A Globo nunca entra num jogo se pode perder. Ela apoiou os golpistas de 64 porque a vitória era certa, garantida pelos militares e pelos americanos.



Agora, não. Ficou claro, depois de oito meses de desestabilização, que um golpe conflagraria o país, e os resultados para ela, Globo, poderiam ser catastróficos.



Tudo isso posto, significa que os idiotas úteis que vestiam camisas da CBF e iam para as ruas pedir a cabeça de Dilma se transformaram em idiotas inúteis.



Como foram artificialmente erguidos e promovidos, agora serão devolvidos a seu devido lugar.

Como esquecer o protesto de fevereiro, quando a Globo News anunciava a todo instante o número brutalmente mentiroso de participantes passado pela polícia de Alckmin?

Aquela era, aspas, e pausa para gargalhadas, a “festa da família brasileira”.

Um diretor da Globo chegou a convocar publicamente, no Facebook, as pessoas a irem para a rua para derrubar Dilma e seus 54 milhões de votos. (Um dos argumentos desse diretor era uma denúncia que ele lera, logo onde, na Veja, a maior fábrica de infâmias e mentiras da história da imprensa brasileira.)

Novas circunstâncias, nova cobertura.

Os protestos tenderão a ser coisa de lunáticos, gente como Lobão, Kim Kataguiri, Reinaldo Azevedo, Batman do Leblon, Bolsonaro e, à distância, Olavo de Carvalho.

Será o retorno à razão.

Você quer trocar o governo? A cada quatro anos há eleições exatamente para isso.

Democracia é assim.

Tirar um presidente eleito antes disso com base em uma centena de pretextos que se superam em cinismo e desonestidade é coisa de República das Bananas.

A revista America’s Quartely, que reflete o pensamento da elite de Washington, colocou isso exemplarmente num artigo poucos dias atrás.

Um golpe devolveria o Brasil a um triste passado em que a vontade do povo era atropelada.

E acabaria com a ideia, abraçada pelo mundo civilizado, de que emergiu no país, depois dos militares, um “novo respeito” pelas urnas.

A AQ falou também o óbvio. Caso vingue um impeachment absurdo e forçado como este, todo presidente brasileiro, daqui por diante, governará sob a sombra sinistra de ser removido a qualquer momento a despeito de vencer as eleições.

Quem quer isso?

Nem a Globo, depois de enxergar a realidade.

Só os analfabetos políticos que irão às ruas neste domingo, vestidos em seu uniforme da corrompidíssima CBF.

Para eles, o holofote se foi, e sem isso não são rigorosamente nada senão, repito, idiotas inúteis.

Marcos Lúcio disse...

Mandou muito bem, Henrique.É isto aí.Abraço.

Anônimo disse...

COXINHA

Coxinha significa
Aquela pessoa que fica
Se achando da elite capitalista
E cuja cabeça encolheu
Porque o cérebro desceu
Para o interior da barriga.

Não é de se admirar
Que fique difícil pensar
Cercado por vísceras podres
Por isso levantam cartazes
E gritam com arrotos e gases
Amaldiçoando os pobres.

O coxinha quando se deita
Rezando ao deus da direita
O seu preconceito exala
E enquanto seus dentes rangem
Para a direita pede a casa grande
E para a esquerda pede a senzala.

O coxinha exige justiça absoluta
Contra a esquerda corrupta
Mas finge que não vê
A corrupção que é praticada
Pela direita dissimulada
Liderada pelo PSDB.

A esquerda tem muitos pecados
Mas é melhor ser por ela representado
Do que ser chamado de coxinha
Porque a falta de conteúdo crítico
É o que inspira os maus políticos
A nos amassarem feito farinha.

Eduardo de Paula Barreto

Paulo Marchi disse...

O senhor é pago pra escrever tanta besteira, de maneira simploria? O senhor prega intolerância e divisão entre as pessoas, o sr. sim devia ser tratado como criminoso.

Alzira Medeiros disse...

Com certeza, Davis, seu texto é pleno de informação em uma explanação lúcida e nacionalista. Quanto aos coxinhas, a ignorância é seu país.

Henrique R disse...

E por falar em Cuba.

Hoje, John Kerry, secretário de Estado/EUA, içará a bandeira dos EUA na embaixada em Havana.

Do jornal espanhol Publico: o ato é um sinal de derrota do bloqueio econômico dos EUA à Cuba.

E por falar em desenvolvimento: Cuba é o primeiro país no planeta a eliminar a transmissão do HIV de mãe para filho

Anônimo disse...

Manda me prender então, pq estarei la domingo!!! Blogueiro bancado com dinheiro público, tem que fazer jus a maracutaia não é mesmo??? CHUPA PT!!!!!FORAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!!!!!

Pablinhoshow disse...

Segundo sua lógica quem pediu o Impeachment do Collor deveria ter sido preso?

Cristiano disse...

eleita democraticamente com promessas que não cumpriu. fora dilma

Henrique R disse...

Banco Mundial:
- o PIB do Brasil, era de 534 bilhões de dólares, em 1994,
- oito anos depois, caiu para 504 bilhões de dólares, quando FHC/PSDB deixou o governo,
(Obs.: o que fez o PSDB com os 100 bilhões da privataria!?)

- em 2002, subiu - extraordinariamente - dos 504 bilhões de dólares, em 2002, para 2 trilhões, 346 bilhões de dólares,
- em 2014, último dado oficial levantado pelo Banco Mundial, cresceu mais de 400% em dólares, em apenas 11 anos, depois que o PT chegou ao poder.

É isso aí Dilma!




Henrique R disse...

Banco Mundial

- no lugar de crescer em oito anos, a renda per capita da população brasileira, também segundo o Banco Mundial - (worldbank2) - caiu de 3.426 dólares, em 1994, no início do governo, para 2.810 dólares, no último ano do governo Fernando Henrique Cardoso, em 2002.
- aumentou, em mais de 400%, de 2.810 dólares, para 11.208 dólares, também segundo o World Bank, depois que o PT chegou ao poder.

É isso aí Dilma.

Henrique R disse...

O salário mínimo
- em 1994, no final do governo Itamar Franco, valia 108 dólares,
- caiu 23%, para 81 dólares, no final do governo FHC

- aumentou em três vezes, para mais de 250 dólares, agora com o governo do PT.

É isso aí Dilma.

Henrique R disse...

E, ao contrário do que muita gente pensa - coxinhas e cia - o Brasil ocupa, hoje, apenas o quinquagésimo lugar do mundo, em dívida pública.

A situação brasileira é muito melhor do que os EUA, o Japão, a Zona do Euro, ou países como a Alemanha, a França, a Grã Bretanha - cujos jornais adoram ficar nos ditando regras e “conselhos” - ou o Canadá (economichelp/out/2014).

Tudo isto com o governo do PT

É isso aí Dilma.

Henrique R disse...

O FHC nunca salvou o Brasil - literalmente ele o quebrou.

Dizer que o PT está quebrando um país que em 2002, era a décima-quarta maior economia do mundo, e que hoje já ocupa o sétimo lugar, só mesmo coxinha analfabeto que acredita em redes sociais ou é papagaio de telejornais que não sabe e/ou não quer pesquisar a realidade do Brasil.

Obs.:aos coxinhas manifestantes, não esqueçam de NÃO vestirem roupa vermelha e cuidado com o frio que pode fazer e, TAMBÉM, não esqueçam de fazer selfie com a PM.




Berto Guimarães disse...

Os tucanos não tem projeto para o Brasil. Nenhum. O artigo deste excelente articulista mostra inapelavelmente que o PSDB e setores do estado querem impedir o governo Dilma de governar. Lula também é alvo. Ele é forte candidato a presidente. O artigo do Davis Sena Filho também não deixa dúvida alguma de quem realmente combateu a corrupção : os governos petistas. Os números e as comparações do autor são inquestionáveis e demonstram que os coxinhas são despolitizados e também se utilizam de má fé. Parabenizo mais uma vez o talentoso e sábio Davis Sena Filho. Seus textos são um aprendizado para quem pretende entender política e a história recente do nosso País.

Marcos Lúcio disse...

Falou e disse, Berto Guimarães.Pura verdade.

Anônimo disse...

Isto sim, Paulo Marchi... é um comentário simplório , bestialógico , intolerante, deslocado e criminoso.Credo! Vade retro!

Anônimo disse...

Pela sua logica, PT deveria ser preso quando pediu o impeachment do Collor

Igor Omena disse...

To esperando a minha prisão aqui. Quem vai ser preso é esse partido corrupto.

Rapa Capa disse...

Este Igor mal saiu das fraldas e caga pela boca. Você não faz idéia como este país foi ruim pro seu povo no passado. Você não viu nada. Ignorante. Coxinha fedelho. Vai estudar história para parar de falar idiotice. É a mais pura verdade de que ser jovem não significa ser progressista. Este coxinha fedelho analfabeto político é o mais real exemplo.

Horácio Peralta disse...

Rapa, não teria condições mesmo de um pivete coxinha como este Igor Omena entender um texto absolutamente reflexivo e informativo como este do Davis Sena Filho. É como jogar pérolas aos porcos. Artigo simplesmente irretocavel.

Henrique R disse...

Alguém aí sabe alguma coisa sobre o mensalão tucano?
Alguém foi preso?
Mais de 10 anos e não tem juiz?
Parece que está prescrevendo!?

Henrique R disse...

Realmente Marcos, o Berto escreveu a pura verdade.

Abraço Marcos e Berto.

Henrique R disse...

Me mostrem um parlamentar da direita (PSDB, DEM) agindo contra os grandes sonegadores, ou qualquer coisa que não interesse à mídia.

Anônimo disse...

Horácio Peralta e Rapa Capa deram o diagnóstico preciso e inquestionável deste IGOR coxinha .Ele tem lerdeza cognitiva... é alienado, como acontece com este tipo de "gente".

Anônimo disse...

Porque os coxinhas tem tanto ódio do pt? O pt não mexeu na estrutura social, politica e econômica do mundo dos coxinhas, não lhes tirou os privilégios, enalteceu seus valores, só porque sentou na mesa dos poderosos e deixou cair as migalhas que não caiam? Migalhas essas que impediram uma gravidade social pior, o que se teria com hoje sem isso ? A corrupção é um processo histórico inerente a estrutura que os coxinhas não querem transformar, pois tem medo de sair do seu mundo empanado.
Paulo César

Davis Sena Filho disse...

Muito bom, Paulo César.

Anônimo disse...

Sou um coxinha orgulhoso por combater esse tipo de caviar ou mortadelas. Nunca fui mortadela. Nem passei de mortadela a comedor de caviar com din-din público!