Google+ Badge

quinta-feira, 3 de outubro de 2013

Coxinha: contradição e burrice

a hora da charge Blog Palavra Livre


4 comentários:

M. Exenberger disse...

A tomada de consciência de classe do trabalhador é uma forma de transformação social.

Unknown disse...

Inocentes uteis!!1

Otto Lima disse...

Coxinha adora atacar a Petrobras por causa do preço da gasolina - do qual o principal componente é o ICMS, imposto estadual sobre o qual nenhuma empresa, nem mesmo a Petrobras, exerce qualquer influência - mas cai na lábia da indústria automobilística e acha que é status pagar mais de R$ 70 mil por um Honda Civic, um Toyota Corolla ou um Volkswagen Jetta - carros vendidos no Brasil como se fossem de luxo, mas que nos EUA, paraíso dos coxinhas, são apenas carros básicos e custam cerca da metade do preço daqui. Ou ainda, pagar mais de R$ 120 mil por uma Mercedes Classe C, um Audi A4 ou um BMW Série 3, que na Alemanha são táxis ou viaturas de polícia. Tudo isso, considerando apenas os preços à vista, pois a maioria dos coxinhas, senão quase todos, atolam-se nos juros extorsivos dos financiamentos, só pra dizer que não andam de ônibus, nem de carro popular.

Enquanto isso, nas sociedades mais evoluídas, carros são bens de consumo como outros quaisquer e os cidadãos tocam suas vidas se deslocando a pé, de bicicleta ou em transportes públicos modernos, eficientes, seguros, limpos e ecologicamente corretos...

Anônimo disse...

Mediocrização ou idiotização ou alienação...é com eles mesmo!!!
Marcos Lúcio