Google+ Badge

segunda-feira, 5 de outubro de 2015

Nardes sai da posição de desassombrado do TCU e vira ministro tagarela e fanfarrão

Por Davis Sena Filho — Palavra Livre

NARDES ERA DA ARENA, FAZ POLÍTICA NO TCU E QUER O IMPEACHMENT DE DILMA.
Augusto Nardes é ministro do TCU e sempre foi vinculado aos interesses da oposição partidária e da direita brasileira em geral, a começar pelo grande empresariado. Sempre se aproveitou de sua posição para fazer política, porque ligado ao DEM, o pior partido do mundo, cruzado do reacionarismo brasileiro, pois herdeiro direto da UDN, da Arena e do PDS, que depois se tornou PFL para apear da ditadura e, rapidamente, montar de carona no galope da candidatura Tancredo Neves, que venceu as eleições indiretas, mas não assumiu, porque vítima de enfermidade que o levou à morte.

Augusto Nardes é político da direita gaúcha e sempre combateu os trabalhistas no berço do trabalhismo brasileiro, que é o Estado do Rio Grande do Sul. Ultimamente tal ministro do TCU, que pertenceu à Arena e ao PDS, siglas de sustentação da ditadura civil-militar, tem se envolvido em polêmicas de casos que ele e seus colegas de tribunal estão a apreciar, sem, contudo, ainda a ter um veredito, no caso, sobre as "pedaladas" fiscais de que é acusada a presidenta Dilma Rousseff e seu governo.

Pedaladas essas que todos os governos cometeram, mas que foram criminalizadas, judicializadas e repercutidas como escândalos pela imprensa de mercado, tais quais as contas da campanha eleitoral do Partido dos Trabalhadores, no que concerne, principalmente, a receber dinheiro da UTC, sendo que o candidato do PSDB, Aécio Neves, recebeu mais dinheiro da mesma construtora do que Dilma, mas somente o PT é acusado de cometer crimes eleitorais, sendo que suas contas foram aprovadas pelo TSE, inclusive pelo juiz de direita, Gilmar Mendes, que também tem a mania de falar pelos cotovelos sobre processos que ele, o condestável, está a analisar, mas não se faz de rogado para atacar sistematicamente o PT e suas lideranças, ao tempo em que participa de reuniões e de eventos promovidos pelas mídias dos magnatas bilionários de imprensa e pela oposição capitaneada pelo PSDB.   

Entretanto, nada do que acontece, que são os fatos, parece ser ponderado e avaliado com sobriedade e sentido de justiça por certos juízes, que se tornaram efetivamente políticos, que, não satisfeitos em dar declarações inconvenientes e fora dos autos, metem a mão na massa e se acumpliciam com a oposição de direita, que após um ano das eleições presidenciais se recusa a aceitar, democraticamente e civilizadamente, os resultados das eleições vencidas pelo PT, e, consequentemente, inconformados e encolerizados.

A verdade é que o Governo Trabalhista de Dilma está a reagir e a AGU questiona, duramente, a posição política do ministro Augusto Nardes, bem como sua conduta antiética e antirrepublicana, ao ponto de muito antes de qualquer processo ser analisado para se ter um veredito, o político conservador, Augusto Nardes, resolveu, a seu bel-prazer, proferir seu voto à imprensa de negócios privados, que seria o de virtualmente reprovar as contas do Governo Dilma. Nardes, ridiculamente e antidemocraticamente, trabalha sob os auspícios do partido mais à direita de todos as agremiações políticas, que vem a ser o Partido da Imprensa.

Tais atitudes do ministro fanfarrão do TCU supostamente abriria um flanco para que a oposição no Congresso Nacional pudesse fazer questionamentos e, com efeito, dar início a um processo de impeachment, com a cumplicidade e a manipulação do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB/RJ), que é acusado de ter cinco contas no exterior não declaradas ao Fisco. Cunha, daqui a pouco, pode se tornar um cadáver político e ter de renunciar ao poder para responder às acusações que lhes são atribuídas, bem como se defender, o que, evidentemente, tomará seu tempo, além de sua condição moral para ocupar o terceiro cargo mais importante da República será mínima e questionada pela sociedade e pelos poderes constituídos.

Nardes, como todo fanfarrão, mostrou-se vaidoso e arrogante, pois são adjetivos peculiares aos soberbos. E deitou falação pela imprensa alienígena, que abre seus umbrais a todos aqueles que, porventura, combaterem os governantes trabalhistas eleitos pelo PT. Não importa o passado e a conduta dos adversários do Governo Trabalhista. De forma alguma, nem mesmo seus crimes quando estiveram no poder federal e agora nos estados da Federação os quais governam.

O que está em jogo, realmente, é a eleição de 2018, bem como derrotar o candidato petista, que pode ser o ex-presidente Lula, alvo diário dos jornais e, semanalmente, das revistas sensacionalistas pertencentes a empresários bilionários, que os utilizam como plataformas e palanques de ataques diuturnos a Lula e a Dilma, porque a intenção é enfraquecê-los ou "sangrá-los" até às vésperas das próximas eleições presidenciais.    

O ministro Augusto Nardes, bem como o presidente do TCU, Aroldo Cedraz, dentre outros, são "peças" de uma engrenagem de direita e do sistema burguês que visa derrotar o PT. Aroldo Cedraz, por exemplo, durante cerca de 20 anos foi deputado federal pelo Estado da Bahia e, como homem do PRN e do PFL que foi e ainda o é, sempre trabalhou em prol de interesses empresariais e de seus próprios negócios. Político discreto, mas influente, nunca subiu muito à tribuna da Câmara para discursar e muito menos se dispôs a votar a favor de matérias de interesse dos trabalhadores e do funcionalismo público. Seu filho, o advogado Tiago Cedraz, é acusado de fazer lobby dentro do TCU e, por causa da posição do pai, beneficia-se para ganhar muito dinheiro, conforme notícias da imprensa familiar e de políticos no Congresso.

Esses, dentre outros, são os homens que se dizem a favor da reprovação das contas de Dilma Rousseff. Cedraz é discreto e Nardes é um fanfarrão desde quando era vereador na cidade de Santo Ângelo, no Rio Grande do Sul. Pois é... Quem diria. O Estado de políticos da grandeza de Getúlio Vargas, Alberto Pasqualini, José Plácido de Castro (o conquistador do Acre), Pinheiro Machado, João Goulart, Leonel Brizola, Luís Carlos Prestes, Assis Brasil, Osvaldo Aranha, marechal Osório, dentre outros vultos da história brasileira, também tem filhos medíocres, como o Augusto Nardes, e toda a atual casa grande da qual o ministro é um de seus representantes.

A casa grande que viceja por aqueles pagos e tem como compromisso principal defender seus negócios e do empresariado que frequenta os salões da burguesia gaúcha e as colunas sociais de seus jornais porta-vozes, a exemplo do Zero Hora e da RBS(Globo), da família midiática dos Sirotsky. Augusto Nardes é o fim da picada como ministro que vai julgar contas governamentais, sem ao menos se preocupar em se calar e se ater aos autos dos processos. Tal senhor vaidoso, assim como politicamente reacionário e conservador, firmou um pacto com a mídia e antecipou seu voto pela imprensa. Veja bem como é irresponsável o ministro Nardes.

Ele simplesmente disse que o TCU fará história, sendo que o TCU não cassa ninguém, porque é um órgão auxiliar da Câmara. O Tribunal apenas julga as contas e elabora um relatório que é enviado à Câmara dos Deputados. A fanfarronice no caso desse cidadão é algo realmente de caráter assombroso, pois de uma leviandade atroz e de uma tagarelice incomensurável. Nardes é o ministro "desassombrado" do colunista de direita do jornal O Globo, Ricardo Noblat.  

O jornal dos Marinho deu corda ao Augusto Nardes para ele se "midiatizar" e fazer política rasteira. Vamos ver se a corda dos magnatas bilionários de imprensa e de seus empregados que reproduzem os pensamentos dos patrões não se tornará a forca do Nardes. As contas do Governo Trabalhista serão aprovadas, apesar dos Nardes e Cedraz da vida, como o foram aprovadas as contas eleitorais do PT, bem como proibido o financiamento privado de campanhas eleitorais. O resto é pólvora seca da oposição de direita inconformada e alimentada pelo ódio por ser oposição. Nardes sai da posição de ministro desassombrado do TCU a ministro tagarela e fanfarrão. É isso aí.

16 comentários:

Carlos Serafim disse...

Davis Sena, nem uma vírgula fora do ponto. Parabéns.

Jorge Marcelo disse...

Ahahahah...eu sabia que esse texto viria mais cedo ou mais tarde. Aposto que um dos próximos temas do "brilhante articulista" é a saída do Alessandro Molon do PT.

Augusto Nardes é um dos caras mais sérios que já passaram pelo Tribunal de Contas da União, diferentemente da maioria dos ministros, que estão sempre sendo comprados pela base governista, assim como certos pseudo-intelectuais da internet, que se vendem por tão pouco para propagar baboseiras em blogs mequetrefes.

Horácio Peralta disse...

Augusto Nardes sério. Hahahahahahahaha! Só um coxinha tucanalha como o Jorge Marinho Marcelo para falar uma asneira e uma safadeza dessa. Você não conhece o Nardes, bobalhão. Agora o que me faz rir é que o Jorge Marinho Marcelo estava à espera do próximo texto do talentoso articulista, cujo artigo anterior a este sobre a escravidão é uma das coisas mais sensacionais que tive a honra, alegria de ler e aprender. Jorge Marinho Marcelo acompanha o articulista por se tratar de ser o seu mais fiel leitor. Fã número um! Ele mesmo diz que espera os textos. Davis Sena Filho, parabéns pelo texto sobre a escravidão. E tem mais: você realmente colocou o Nardes na pocilga guardada pra ele. Nardes deveria estar preso, mas vai ser afastado. Bandidos não podem julgar nada. Você o colocou no seu devido lugar. PARABÉNS!

Jorge Marcelo disse...

Eu me divirto pra caramba aqui, Horácio, isso sim. Esse blog é o melhor programa humorístico da internet brasileira, mesmo só tendo oito leitores. Zoar palhaços como você não tem preço...Ahahahah

Horácio Peralta disse...

Você, além de burro, é mentiroso. Ser burro e mentiroso ao mesmo tempo é temerário, porque a mentira é desmascarada rapidamente. Primeiro, todos sabemos que você é um mentecapto e por isso prejudicado intelectualmente. Segundo, é que você é apenas um leitor fiel do Davis Sena, mas que mal sabe interpretar um texto por ser analfabeto político. E terceiro é porque você mente quanto aos leitores, já que sabedor que os artigos do articulista são repercutidos por centenas de blogues e sites. Só neste blogue, se você for nos ícones acima e verificar, por exemplo, o de compartilhar o do facebook verá que são muito mais do que meia dúzia de leitores, só no ícone do facebook. Você é um idiota, Jorge Marinho Marcelo. Você sabe, né, os leitores, quase todos, te consideram um integrante da família Marinho. Filho bastardo, mas da família Marinho, que é um bando de criminosos há mais de meio século. A´, Jorge coxinha bobalhão: pede pra sair.

Jorge Marcelo disse...

Esses textos do Davis não têm repercussão alguma, mesmo com os seus oito leitores se esforçando para divulgá-lo. Se ao contrário fosse, o nosso "nobre articulista" já teria sido processado por vários dos ilustres que aqui foram difamados e criticados injustamente. Não sou burro não, Horácio. Se eu tivesse um nível intelectual semelhante ao seu, estaria acreditando nas baboseiras delirantes que o Davis escreve sobre esse governo corrupto que está acabando com o Brasil. Aliás, o Davis deve morrer de rir quando otários como você ficam se esgoelando para defendê-lo. Em breve ele vai estar trabalhando para outro partido e idiotas como você ficarão a ver navios...ahahah

Paulo Blanc disse...

Escreva um texto Jorge Marcelo Marinho. Faça um blogue e dê suas opiniões. Rebata o articulista... Se não o fizer você apenas fará, e já faz, o papel de midiota .

Magda Magalhães disse...

Paulo Blanc, o que permeia a personalidade histrionica do Jorge Marinho Marcelo é a inveja e sua dificuldade cognitiva para raciocinar e escrever. Aliás, escrever nem pensar. Seria como um chimpanzé de repente a construir um pensamento lógico, que concatena idéias, fatos e imagens. O caso desse Jorge burraldo é sem solução.

Jorge Marcelo disse...

Cala a boca Magda! Ninguém te chamou aqui...rsrs

Magda disse...

Viram o que eu disse sobre esse escroto é verdade.

Henrique R disse...

A seriedade do nardes do Faz de Contas da União:

Lei Orgânica da Magistratura Nacional:
Art. 36 – É vedado ao magistrado:<
(…)
III – manifestar, por qualquer meio de comunicação, opinião sobre processo pendente de julgamento, seu ou de outrem, ou juízo depreciativo sobre despachos, votos ou sentenças, de órgãos judiciais, ressalvada a crítica nos autos e em obras técnicas ou no exercício do magistério."

Henrique R disse...

A seriedade do nardes do Faz de Contas da União:

"Operação Zelotes fez buscas na cidade do ministro, Santo Ângelo (RS). Nome do ex-deputado teria aparecido como sócio de empresa envolvida em fraudes contra o fisco.
Caso vai ao STF"

Henrique R disse...

A seriedade do nardes do Faz de Contas

- dias antes do início da Copa, quando nardes era presidente do Faz de Contas, em entrevistas, afirmou que o Brasil ia passar “vergonha” porque havia cidades que não estavam preparadas para receber os cidadãos.
Afinal, ele é juiz(?) ou político!?
Bom, o viés golpista ele tem, pois a biografia do nardes do Faz de Contas revela aquilo que ele é: começou a carreira política em 1973, como vereador, pela extinta Arena – aquele partido político brasileiro criado em 1965 com a finalidade de dar sustentação política ao governo militar instituído a partir do golpe de 1964.

É como escreve o espetacular Davis: "Nardes sai da posição de ministro desassombrado do TCU a ministro tagarela e fanfarrão. É isso aí."

É isso aí.

Henrique R disse...

A seriedade do nardes do Faz de Contas

- ele, também, passou para o PP - aquele partido que teve mais deputados envolvidos na Lava Jato
- ele, também, viajou com cotas de avião de Otávio Germano - denunciado no Esquema da Petrobras
- ele, também, quando era deputado, nardes do Faz de Contas, respondeu à AP 363 no STF. Motivo: financiamento de campanha

nardes, do Faz de Contas, o mais novo golpista!

Que moral tem esse cidadão para pregar o impeachment de Dilma ou de quem quer que seja?

Jorge Marcelo disse...

Cala a boca Magda! E vê se para de choramingar com seus "amigos" de blog...rsrsrs

Bento Lisboa disse...

Jorge Vagabundo Marcelo.