Google+ Badge

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

É o Pré-Sal, a Dilma e o Lula, estúpido! O Instituto Millenium também...

Por Davis Sena Filho Blog Palavra Livre




Todo mundo sabe, até mesmo os recém-nascidos, os mortos, os acordados de um coma profundo e os extraterrestres que o sistema de mídias privado e de direita, controlado por meia dúzia de famílias chefiadas por magnatas bilionários de imprensa se transformou em um partido político não oficial e de caráter conservador, entreguista e golpista.
Todo mundo sabe, menos os coxinhas de classe média de direita, além de certas celebridades, como o ex-roqueiro Lobão, e gente intelectualmente pouco honesta, a exemplo de Olavo de Carvalho, Demétrio Magnoli e Marco Antônio Villa, “ases” do reacionarismo tupiniquim aboletados no Instituto Millenium, parecem não saber que este movimento dos grandes trustes internacionais de petróleo contra a Petrobras, a ter como porta-vozes a imprensa de negócios privados, que atuam e agem no Brasil é na verdade uma estratégia organizada e engendrada para desmoralizar a histórica estatal brasileira e desconstruir a imagem do Governo Trabalhista, a ter como seus líderes a presidenta Dilma Rousseff e o ex-presidente Lula, ambos petistas.
Se qualquer pessoa quiser saber onde começa o golpe de estado de caráter jurídico e midiático no Brasil, basta levantar seus olhos para o Instituto Millenium, além de clubes e associações empresariais urbanas e rurais, que, inconformados com a derrota eleitoral para o PT, ainda não desceram dos palanques e fazem uma oposição feroz, seletiva, histérica, manipulada e, evidentemente, de essência golpista, porque apostam em impeachment de uma presidente recentemente eleita, bem como em golpe militar, que, de forma cínica e hipócrita, chamam de “intervenção” militar.
Trata-se do Instituto Millenium, um misto de Escola Superior de Guerra (ESG) com o Instituto de Pesquisas e Estudos Sociais (Ipes) e o Instituto Brasileiro de Ação Democrática (Ibad), entidades que no passado conspiraram e fomentaram o golpe militar de 1964, com o apoio financeiro e ideológico da CIA norte-americana, a ter à frente golpistas poderosos e influentes como o presidente Castelo Branco, o general Golbery do Couto e Silva, o banqueiro Magalhães Pinto e os empresários Ivan Hasslocher, Glycon de Paiva, Gilbert Huber Júnior e Paulo Ayres Filho, dentre muitos outros, a exemplo das famílias midiáticas dos Marinho, dos Frias, dos Mesquita e dos Civita.
Neste momento, a política brasileira passa por um processo de achincalhe, linchamento moral e propaganda sistemática e perniciosa contra o Governo Trabalhista, que se repete, porque volta aos tempos do pré-golpe de 1964, com o envolvimento de certa banda da Polícia Federal, que se mostra insubordinada, porque à direita do espectro ideológico, bem como resolveu fazer política, ao ponto de delegados da PF do Paraná cometerem ações contra o Governo do PT nas eleições presidenciais, além de atacá-lo frontalmente, inclusive a ofender o ex-presidente Lula e a candidata Dilma Rousseff.
Paralelamente às ações políticas de delegados partidários e pró-tucanos, o Governo petista se vê obrigado a lidar com outra frente oposicionista e que controla o Judiciário e o Ministério Público Federal. Juízes de altas cortes e promotores passaram a vazar investigações da PF para a imprensa de mercado, sendo que as informações geralmente tratavam quase sempre de pessoas ligadas ao Governo ou ao PT, de forma que se percebeu que tais vazamentos o são, sobretudo, seletivos, e, com efeito, tem a intenção de fazer com que o público pense que o PT é o inventor da corrupção no Brasil, e que o PSDB e seus áulicos são, na verdade, um monte de chapeuzinhos vermelhos ou rapunzeis, de olhares meigos e inocentes à espera de escaparem ilesas da bruxa e do lobo mau.
Porém, a Casa Grande governou o Brasil durante séculos, e, evidentemente, a corrupção nunca foi combatida, porque a direita é patrimonialista, elitista, violenta e, obviamente, sectária, pois partidária de um País que sirva a poucos e que os muitos somente tenham o papel de serem explorados por intermédio da força de trabalho, se possível, mal pagos e sem oportunidade de qualificação e ascensão social. Ponto.
Chega a ser surreal as realidades distorcidas pela imprensa alienígena e meramente comercial. Quanto mais o Governo investiga a corrupção perpetrada por quadrilhas de criminosos, por intermédio da Polícia Federal, subordinada ao Ministério da Justiça, mais a imprensa corporativa dá conotações mequetrefes e malfazejas, de forma que os consumidores desse segmento da economia, incrivelmente desregulamentado neste País, acreditem em matérias porcamente apuradas e sabidamente manipuladas e distorcidas, a fim de propiciarem um efeito negativo às ações do Governo petista, mesmo quando se torna evidente que o combate à corrupção no Brasil nunca foi tão levado a sério, tal qual como apregoou a candidata Dilma Rousseff quando disse que não deixaria pedra sobre pedra, nos debates contra o tucano derrotado, Aécio Neves, bem como no discurso da vitória.
Contudo, percebe-se claramente que o golpismo tucano-midiático não se restringe ao inconformismo e ao ódio por causa das quatro vitórias eleitorais do PT, em campanhas presidenciais. Não. Enganam-se os inocentes úteis e os replicadores do golpe, que não aceitam a distribuição de renda e riqueza, a ascensão social dos pobres, além da diminuição das diferenças regionais. O que está em jogo, mesmo e para valer, não é mais o terceiro turno, como queria o PSDB na voz irada de Aécio Neves, a ser repercutida no Senado e na imprensa empresarial e familiar subordinada aos interesses dos capitalistas dos Estados Unidos, União Europeia e Japão.
Não mesmo. A aprovação das contas da campanha eleitoral de Dilma e do PT se tornou a pá de cal que cobriu os interesses golpistas da Casa Grande, herdeira legítima da escravidão. A resumir: é o Pré-Sal, a Dilma e o Lula, estúpido! O Instituto Millenium também. O Globo, o Millenium e as alcateias que os acompanham já disseminaram editoriais entreguistas que apregoam o fim do modelo de partilha para o Pré-Sal ao defenderem a implementação do modelo de concessão, tão prejudicial aos interesses do povo brasileiro, como ficou comprovado por meio da venda de ações da Petrobras, em Nova Iorque, pelo Governo de FHC — o Neoliberal I —, o grão-tucano, o maior lesa-pátria da história, que foi ao FMI três vezes, de joelhos, humilhado, com o pires nas mãos, porque quebrou o Brasil três vezes.
É exatamente que a Casa Grande quer: entregar as nossas riquezas e continuar a reboque dos colonialistas e imperialistas como sempre fizeram, sem o mínimo de vergonha na cara, durante séculos. A burguesia e seu apêndice — a pequena burguesia (coxinhas de classe média) — querem determinar a agenda política e econômica do Governo Trabalhista, que foi eleito quatro vezes para dar continuidade aos seus programas de governo e projeto de País.
A Petrobras está a sangrar, mas não vai falir, até porque está a bater recordes de lucros em todas suas áreas, apesar da depredação dos ladrões, que estão a roubá-la desde o fim dos anos 1970, quando esses diretores ingressaram, por meio de concurso, na empresa brasileira mais emblemática, simbólica e que representa o orgulho brasileiro, bem como sua luta por sua independência e emancipação. A Petrobras foi recuperada pelo Governo do PT, e vai ficar muito mais forte com o combate à corrupção que ora está a acontecer, com determinação e coragem.
Além disso, sabemos também que a direita brasileira, uma das mais poderosas e cruéis do mundo, luta contra a política internacional dos governantes petistas, que abriram novas portas para efetivar relações comerciais, a realizar novas parcerias, assinar acordos e contratos e concretizar a criação de blocos poderosos, a exemplo do Brics, do Mercosul, da Unasul, bem como fortalecer as relações Sul-Sul, em termos hemisféricos. O Pré-Sal é nosso, estúpido!

Não adianta O Globo e seus congêneres tentar derrubar a mandatária reeleita pelo povo brasileiro. Seu editorial apenas serve para satisfazer os egos e desejos das aves de rapina, a exemplo de BP, Chevron, Shell e Exxon. As irmãs siamesas, que há mais de um século exploram as reservas dos países petrolíferos, a custo de miséria, violência, guerras, mortes e golpes de estado, com a aquiescência e a cumplicidade de elites escravocratas como as brasileiras. O Pré-Sal é que está em jogo, estúpido, e não a corrupção na Petrobras, que está a ser severamente combatida pelo Governo Dilma Rousseff, além da desconstrução da imagem de Lula, que pode concorrer às eleições presidenciais de 2018. É isso aí.  

32 comentários:

Jorge Marcelo disse...

É isso aí, Davis, não houve roubalheira na Petrobras, é tudo invenção dessa imprensa corrupta, golpista e de direita. O Governo PT também não tem culpa de nada, e o Papai Noel, que dizem não existir, é de verdade e vai descer na chaminé da casa do Paulo Blanc na noite do próximo dia 24.

Magda Magalhães. disse...

Jorge Marcelo, quando você lê os textos dedte talentoso articulista e faz comentários completamente miseráveis humanamente, pergunto-me: por que Deus, a vida, a inteligência joga pérolas aos porcos. E eu agora e já peço perdão por ofender os porcos.

Magda disse...

PS: sugiro que você mande sua mãe se calar, seu machista burro e escroto.

Anônimo disse...

Esse Jorge Marcelo, viu...
babalu

Jorge Marcelo disse...

Quem vai te mandar calar a boca dessa vez vai ser o próprio autor do bordão "cala a boca, Magda!"

https://www.youtube.com/watch?v=uVxv898OgBw

Edson Santana disse...

Jorge Marcelo é um babaca como pessoa e uma merda como cidadão.

Anônimo disse...

E esse hospício não fecha..........Eu tenho nojo do PT........Sou trabalhador e não concordo com todos os roubos do PT e sua quadrilha.........Para de defender essa gente..

Márvio disse...

Tá com nojinho, é, anônimo covarde e idiota. Seu nojinho é seletivo, não é, bobalhão reacionário, porque é seletivo. Você não fala das roubalheiras e escãndalos do PSDB, da tucanalhada ladra, lesas-patria e que nunca prendeu ninguém quando esteve no poder. Tá com nojinho, idiota? Pois é, é o governo do PT que está prendendo inclusive gente rica, seu paspalhão. Seu nojinho cretino e falso é seletivo, tucanóide cara de pau.

Marcos Lúcio disse...

Nada a acrescentar ou excluir nos seus sempre lúcidos, oportunos e brasófilos textos.A irretocabilidade é a tônica.Parabéns!

Apenas para colocar mais um pingente na sua árvore de natal rssr, reproduzo, a seguir:

A dignidade de Graça Foster e a reação do mercado
Jornal do Brasil



A presidente da Petrobras, Graça Foster, talvez uma das mais dignas e honestas mulheres em cargos de importância no serviço público, deve ter certeza que não há no Brasil qualquer pessoa que suspeite dela, quer por razões de dissidia, omissão ou negligência.

A presidente deve saber que o mercado financeiro não aceita suspeitas, uma vez que a Petrobras é cotada nas bolsas mundiais. Mesmo quando essa suspeita claramente é feita por raiva, sentimentos ideológicos, divergências políticas, e nunca pela incerteza ou dúvida sobre o envolvimento dela. Este certamente não é o caso. Mas o mercado não aceita suspeitas, quaisquer que sejam os motivos.

E o simples anúncio de ter colocado o cargo à disposição da presidenta Dilma Rousseff fez com que o mercado bursátil reagisse, e as ações da Petrobras subiram quase 4%.

O patriotismo de Graça Foster e a certeza da capacidade de gestão na condução do país por parte da presidente Dilma Rousseff só preocupam os especuladores, não os brasileiros que acreditam na lisura e nos propósitos dessas duas mulheres.

Anônimo disse...

O Millor Fernandes advertiu: Não se amplia a voz dos idiotas. O blogueiro não deveria dar espaço para o festival de insanidades e "filhadaputices" de uns e outros de endereço errado aqui. Eles já têm a Veja, O Globo, a Folha, etc., enfim, inúmeros chiqueiros midiáticos para se chafurdarem.
Bruno Lemos

Davis Sena Filho disse...

Prezado Marcos Lúcio, leitor culto, da melhor qualidade intelectual e humana, desejo-lhe um ótimo fim de ano e boas festas junto aos que você ama. Um grande abraço, e tudo de bom.

Anônimo disse...

kkkkkkkkk............muito boa a sua resposta Magda Magalhães.Realmente , não se deve jogar pérolas aos porcos. Agora eu me pergunto , o que faz um tucano perdido por aqui, hem?Será que "cortaram suas asas" depois de 4 derrotas seguidas para o PT????

Anônimo disse...

Eitaaaaaaaaa que esse defende a escória psdbosta!!!!!..........se conforma cara....daqui há 4 anos volta o nosso LULA.Ahhhh.......e por falar nele , você viu que ele foi eleito o MELHOR PRESIDENTE DA HISTÓRIA DO BRASIL ?????

Marcos Lúcio disse...

Meu prezado mestre...suas calorosas, gentis e generosas palavras emocionaram-me.É muita areia para meu modesto caminhãozinho rsrs.Muito obrigado.É sempre um (re)aprendizado lê-lo e tenho orgulho de muitas coisas neste país, apesar dos pesares... e você é uma delas.Continue impávido e combatente nesta luta incessante para tentar jogar um pouco de luz nas trevas das inúmeras ignorâncias evidenciadas no cotidiano..Agradeço e retribuo, igualmente, seus sinceros votos.Que Deus o proteja com sorte, saúde e luz.Abraçaço e tudo de bom , de bem e de belo.

Anônimo disse...

Simplesmente emocionante.
O Brasil petralhado em bilhões, a Graça colocando seu cargo á disposição, como coisa que que o cargo algum momento foi dela, o famoso mercado se acalmando- esta foi hilária- e os dois cultos , mestre e lúcido Lucio ,se congratulando com mel, poesia e arrogãncia tamanha vergonha.
Salve os cultos.
babalu

Marcos Lúcio disse...

Simplesmente patético ou patologicamente babaluano.

Anônimo disse...

Lúcido Lucio culto, patético é saber que você defende com ênfase ladrões, corruptos, assaltantes, meliantes, vigaristas, golpistas, e se faz de sonso.
Patético e rídiculo é ler você escrever beeeeeemmm.
Responda rápido: há roubalheira na Petrobras?
Você está envolvido?
Conhece alguém envolvido?
Ou sua pena é penduricalho de quiquilharias?
babalu

Rogério Mota disse...

Quem disse que a corrupção está sendo "duramente combatida pelo governo Dilma"?
Ela é uma das beneficiárias do propinoduto.
2015 promete.
Certamente Lula na cadeia e Dilma fora.
Não será um texto de um comuna que irá mudar os fatos consumados e revelados.

Rogerio Mota disse...

Ou você é um beneficiado com o dinheiro do povo brasileiro ou é um mais um idiota útil do PT.

Marcos Lúcio disse...

Acredito absolutamente que você , sim, está envolvido em corrupção , conhece envolvidos nela e defende ladrões, assaltantes, meliantes, vigaristas golpistas (logicametne de outros partidos) e se faz de babalu ou sonso ou cínico, enfim, o próprio penduricalho de quinquilharias., uma bizarrice só! Que Deus o ilumine.

Anônimo disse...

kkkkkkkkkkk o marcos lucio é defensor dos ladrões e joga a culpa no babalu. kkkkkk
Assuma ML, no PT hoje só tem picareta
marcio greik

Marcos Lúcio disse...

kkkkkkk o marcio greik é defensor dos ladrões dos outros partidos e joga a culpa no ML e só no pt.Assuma (ou acorde) marcio que em todos os partidos têm picareta e fora deles também. Sou radicalmente contra todo e qualquer corrupto de qualquer partido e todos têm ser punidos.Lamentavel e cinicamente só punem pobres, pretos e petistas, quase sempre.Espero que "ocê" não seja apenas mais um picareta no Patropi, .

Marcos Lúcio disse...

Idiotas úteis há em todos os partidos e instâncias. Os mais são os que não se sabem ou não se conhecem e só transferem suas idiotices.Quanta bizarrice!

Anônimo disse...

Marcos, não perca seu tempo com a estupidez alheia.Estes alienados ou inocentes úteis ou cínicos acham que o pt inventou a roda da corrupção.Isto beira à insanidade.Veja esta matéria:

Costa citou 28 políticos envolvidos em esquema da Petrobras,.

Jornal do Brasil
+A-AImprimir



O ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa citou uma lista com 28 políticos em 80 depoimentos prestados durante as investigações da Operação Lava-Jato. Entre os citados estão ministro, ex-ministros, deputados, senadores, governador e ex-governadores. A reportagem é do O Estado de S. Paulo, que obteve a lista completa.

Nos depoimentos, Paulo Roberto Costa teria citado o governador reeleito do Acre, Tião Viana (PT), os deputados Vander Luiz dos Santos Loubet (PT-MS), Alexandre José dos Santos (PMDB-RJ), Luiz Fernando Faria (PP-MG) e José Otávio Germano (PP-RS). Também constam da lista a ex-ministra da Casa Civil Gleisi Hoffmann, o senador Humberto Costa e o presidente do Senado, Renan Calheiros.

Da oposição, há dois nomes na lista, ambos de políticos que já morreram: o candidato à presidência da República pelo PSB e ex-governador de Pernambuco, Eduardo Campos, e o ex-presidente nacional do PSDB Sérgio Guerra. Costa teria afirmado que intermediou, em 2010, o pagamento de R$ 20 milhões para o caixa 2 para a campanha de reeleição de Campos ao governo do Estado.

Bruno Lemos

Anônimo disse...

Mais uma comprovando a estupidez dos raros que estão como peixes fora d'água aqui neste excepcional blogue::

"Brasil é um país onde as pessoas enfrentam a verdade sem medo"

Jornal do Brasil
+



A presidente Dilma Rousseff disse nesta quinta-feira, durante cerimônia de diplomação para o segundo mandato, no Tribunal Superior Eleitoral, que o Brasil é um país onde a verdade não tem mais medo e onde as pessoas enfrentam a verdade sem medo. "Um país que não tem medo de discutir os arbítrios da ditadura e as mazelas da corrupção e do crime financeiro. Não podemos deixar que crimes do passado façam ruídos anacrônicos no presente", afirmou a presidente no seu discurso.

Dilma Rousseff também fez uma referência à eleição de outubro. "Uma eleição democrática não é uma guerra e, por isso, não produz vencidos". Segundo ela, cumprir a vontade popular é uma missão generosa que, ao invés de enfraquecer, fortalece. "Mais importante e mais difícil que saber perder, é saber vencer. Quem vence com o voto da maioria e não governa para todos, transforma a força majoritária em ato mesquinho", ressaltou.

Presidente Dilma foi diplomada para o segundo mandato
Presidente Dilma foi diplomada para o segundo mandato
Sobre as denúncias de corrupção na Petrobras, Dilma enfatizou: "Temos que apurar com rigor tudo de errado que foi feito, principalmente criar mecanismos que evitem fatos com este e que possam novamente se repetir". “A Petrobras vai continuar sendo nosso ícone de eficiência. Estamos enfrentando essa situação com destemor e vamos converter a renovação da Petrobras em energia transformadora do nosso país”, acrescentou.

“A Petrobras e o Brasil são maiores que qualquer problema, qualquer crise, e por isso temos a capacidade de superá-las. Temos que punir as pessoas, não destruir as empresas. Punir o crime, não prejudicar o país ou sua economia”, disse.

A presidente também propôs um "pacto nacional contra a corrupção" e disse que convidará os demais poderes da República e representantes da sociedade para criar medidas. “Chegou a hora de firmarmos um grande pacto nacional contra a corrupção, envolvendo todos os setores da sociedade e todas as esferas de governo. Esse pacto vai desaguar na grande reforma política que o Brasil precisa promover a partir do próximo ano. Vamos convidar todos os Poderes da República e todas as forças vivas da sociedade para elaborarmos, juntos, uma série de medidas e compromissos duradouros”, afirmou.

Bruno Lemos

Anônimo disse...

Eu confesso: Estou realmente envolvido em corrupção, conheço alguns envolvidos mas jamais defendo ladrões como você.
Estou envolvido, sim, em corrupção, afinal é do meu bolso de trabalhador que sai a grana. Quem a pratica, também confesso, conheço muitos e estou sendo apresentado, diariamente, a mais e mais e mais.
Quem defende publicamente ladrões - inclusive alguns condenados e cumprindo pena, é o sr lúcido Lucido.
Vá se derreter em mel ou faça-se de sonso.
A escolha, naturalmente, é sua.
Passar bem.
babalu

Anônimo disse...

E o hospício continua aberto.............lamentável com existem pessoas capazes de defender bandidos...mas até o maníaco do parque foi defendido por mulheres loucas e se casou com uma delas.............o que esperar de PTistas, aloprados, e funcionário público.
Eu diria "vai trabalhar vagabundo"

Marcos Lúcio disse...

Você tem desrazão.Além de você, aponte-me qual o outro ladrão que defendi.Só defendo você.Passar melhor, ainda.

Anônimo disse...

Além de todos da Papuda, os da Petrobras e os do PT mais que envolvidos.
ou tens ideia fixa com a letra P - de Papuda, Petrobras, PT, Petralhas - ou continuas a se fazer de panaca.
Lúcido Lucio, mas nem Graça sabia?
Que sem graça. João Paulo Cunha espera, na cadeia, um peru de Natal.
José Dirceu, Genoino, o Japa que morreu rico depois de abrir caminho nos fundos de pensão da Petrobras, o Silvinho da Land Rover, a friboi e a Dilma, poderiam, junto de você, mandar um cartão pra ele.
Ele passaria melhor que nós, e detalhe, do bolso dele não sai dinheiro pra corrupção.
Passe bem

Marcos Lúcio disse...

Se minha parte só faço o bem. Portanto desejo a você muita luz e passe bem, também.

Marcos Lúcio disse...

De minha parte (no que depende de mim), quis dizer...

Anônimo disse...

Meu caro Davis, quem está desmoralizando a Petrobrás, outrora maior empresa brasileira, não é a imprensa e você bem sabe disso mas não quer aceitar. O que me diz da quadrilha instalada lá? Não está vendo isso não? Vê o que então? Vai dizer que foi a oposição que colocou essa quadrilha lá? O que me diz da incompetente Graça? Sim, incompetente, pois se não sabia de nada é o mínimo que podemos dizer, mas se sabia aí já é crime. Não feche os olhos como muitos petistas fecharam para o mensalão e ficam procurando culpados nos séculos passados. Petistas honrados são aqueles que assumem seus erros e não procuram culpados no além. Ah, antes que vá me julgando, fui eleitor e defensor do Lula e PT. Mas é claro que não dá mais. Lamento também a falta de opção de líderes para comandarem nosso país. Pois nenhum dos candidatos se mostraram em condições. Aliás, convenhamos bem friamente, a reeleita não tem a menor condição de ser nossa líder. Sinceramente você olha para ela e fala com entusiasmo... essa é nossa líder. Tenha paciência. Como uma pessoa como ela chegou ao maior posto de governança possível? Nós sabemos como... sem deixar margem para suspeitas... com uma política de distribuição de renda sem melhorar a educação e cultura, para manterem fiéis os eleitores, ou pelo menos amedrontados para não perderem o bolsa isso e bolsa aquilo. Ou vai me dizer que não foi isso que aconteceu na última eleição? Também vamos deixar claro... não sou e nunca fui PSDB, aliás partido algum. Como disse, votei no Lula, mas na Dilma não tenho coragem. Ass. Waldecir...