Google+ Badge

segunda-feira, 16 de junho de 2014

A Copa é de todos, mas ricos e coxinhas ganham muito dinheiro com a Copa do PT

Por Davis Sena Filho Blog Palavra Livre


As notícias que são publicadas nos jornais estrangeiros são alvissareiras e, por seu turno, positivas. A Copa do PT, ou seja, a Copa do Mundo da Fifa realizada no Brasil, após 64 anos de ausência do País do Futebol, é um retumbante sucesso. Tudo o que a imprensa de negócios privados apregoou, todas as pressões exacerbadas, más notícias, maledicências e fofocas, que apenas tinham o propósito de desqualificar o megaevento de futebol e desconstruir a imagem do Brasil e do Governo Trabalhista, não aconteceu, para o desgosto dessa gente mequetrefe, que trabalha em órgãos manipuladores e opositores de imprensa rastaquera.

O Governo Trabalhista tem muita paciência para aturar a “elite” brasileira que ganha muito dinheiro no Brasil ao tempo em que o sabota e o boicota. Os inquilinos da Casa Grande e seus seguidores que se travestem de coxinhas de classe média deveriam não participar da vida brasileira e muito menos frequentar lugares e eventos que essa gente provinciana e colonizada considera maus frequentados, afinal esses burgueses e pequenos burgueses podem se deparar com uma coisa terrível para suas vidas: dar de cara com o povo e seu cheiro, já que os coxinhas, tais quais à Eliane Cantanhêde, da Folha de S. Paulo e Globo News, são membros da “classe da massa cheirosa”, porém, de bocas sujas, como demonstraram grosseiramente contra a presidenta Dilma Rousseff, na abertura da Copa do Mundo, no Itaquerão, em São Paulo.

Contudo, a Copa já é um sucesso de renda, público e em quantidade de países que recebem as transmissões dos jogos em todos os tempos. Além disso, cabe ressaltar que os aeroportos, a mobilidade social por meio dos diferentes modais de transportes (ônibus, metrô, barcas e trens) estão a funcionar a contento, com equipamentos e veículos novos, além de ampliação, reformas e construção de vias, rodovias e ruas, o que, sem sombra de dúvida, vai melhorar o dia a dia dos brasileiros que moram, principalmente, nas metrópoles que herdaram tão importantes obras e legados.

Os aeroportos brasileiros são, hoje, do mesmo nível dos estrangeiros, o que deixará os coxinhas da classe média tradicional mal humorados e a nossa “elite” de moral e valores sectários e, por isto, decadentes, revoltada. É que no imaginário dessa gente mentalmente subdesenvolvida e colonizada o aeroporto é um lugar que tem a finalidade de funcionar como um portal de fuga para os países considerados desenvolvidos e ditos civilizados, mas que, contraditoriamente, bombardeiam e invadem países menores para roubar suas riquezas em nome da democracia e da suposta superioridade de seus valores cristãos e ocidentais.

A verdade é que o Brasil trabalhou muito para organizar, efetivar e finalizar as obras, muitas delas gigantescas e abriu suas portas para o encontro de civilizações que é inquestionavelmente a Copa do Mundo, bem como as Olimpíadas, que acontecerão também no poderoso País da América do Sul no ano de 2016, Certamente, esses jogos também vão ser alvos da direita brasileira, que até hoje tem nostalgia de um Brasil a servir a poucos e que talvez deveria retroceder aos tempos da Velha República, a República dos coronéis e de uma burguesia perversa que sempre se recusou a pensar o País para edificá-lo como um lugar solidário, justo e democrático, a diminuir as desigualdades sociais e regionais, porque sabemos que sem justiça social não há paz.

Nunca pensaram o País. Sempre viveram aqui para explorá-lo e assim lucrar, a ter como dínamos de sua riqueza a mão de obra barata do povo, sem direitos trabalhistas, e, consequentemente, sem direito à educação, ao emprego digno e remunerado, o que sempre inviabilizou o acesso ao consumo, que é essencial para girar a roda da economia para que seus benefícios cheguem a todos os brasileiros. A burguesia dona dos meios de comunicação privados e familiares, que se transformaram em um estado dentro do estado, sem, contudo, ter direito legal e constitucional para intervir no processo político brasileiro como o faz, sorrateiramente e, muitas vezes, criminosamente, com mais força e ímpeto a partir do Governo do estadista trabalhista Getúlio Vargas, líder da Revolução de 1930.

Todavia, é inquestionável que o Brasil avançou nos últimos 12 anos, com a ascensão ao poder de políticos trabalhistas do PT, em todos os sentidos (econômicos e sociais), pois os números, índices e gráficos estão publicados no Portal da Transparência e nas páginas de diversos órgãos e instituições do Governo Federal. Só não vê e não pesquisa quem não quer ou compreende, em seu íntimo, que o Brasil mudou para melhor, mas, por sua vez, fatores não reconhecidos pelos os que estão na oposição.

A Copa já deixou legado, que, inclusive, vai ajudar a elevar o PIB do País. O legado não se reduz apenas às estruturas e aos equipamentos comprados, criados e construídos, a exemplo de aeroportos, vias e mobilidade social. Técnicos do Governo afirmam que o Brasil vai ficar em evidência por causa da Copa e das Olimpíadas por quase uma década, o que significa fluxo enorme de turistas e de abertura e concretização de novos negócios em todos os ramos da economia. Ao contrário do que disse o candidato tucano e de direita, senador Aécio Neves (PSDB), o PT e o Governo Trabalhista não vão ser varridos por um tsunami. O PT, enfim, vai mostrar os benefícios sociais e econômicos que a Copa propiciou ao País e seu povo — e na televisão aberta, que censura há anos o que é feito e realizado pelo povo brasileiro.

Não há dúvidas, quando começar o horário político eleitoral, o PT vai romper, derrubar o “muro” midiático edificado pelos magnatas bilionários de imprensa e seus empregados, que se recusam a mostrar as conquistas do povo brasileiro nos últimos 12 anos. Os benefícios da Copa e seus números gigantescos vão ser mostrados, bem como, após o término do evento mundial de futebol, o Brasil, mesmo a enfrentar aqueles que torcem e lutam contra o seu desenvolvimento e independência, vai entrar, definitivamente, no grupo dos países mais importantes e influentes do planeta. A Copa é de todos, mas os ricos e os coxinhas estão a ganhar muito dinheiro e a se divertir com a Copa do PT. A Copa é nossa! Já tem Copa! É isso aí. 

7 comentários:

Jorge Marcelo disse...

Lula morreu, e Deus e o Diabo brigam porque nenhum dos dois quer ficar com ele. Sem acordo, pedem a mediadores uma solução, que, decidem por uma proposta que se alterne um mês no céu e outro no inferno.

No 1° mês, Lula fica no céu.

Deus não sabe o que fazer, quase fica louco.

O ex-metalúrgico e ex-presidente bagunça tudo. Atrapalha todos os elementos das orações e da liturgia. Dissolve o sistema de assessoria pessoal dos anjos, tenta formar uma coligação de maioria absoluta na base da compra de votos.

Suborna os arcanjos e os querubins.

Transfere um km quadrado do céu para o inferno.

Nomeia anjos provisórios aos milhares. Intervém nas comunicações aos Santos.

Troca as placas das portas de São Pedro.

Envia um projeto de lei aos apóstolos para reformar os Dez Mandamentos e anistiar Lúcifer.

Funda o PTC, o "Partido dos Trabalhadores Celestiais", com estrela azul clarinho. O céu vira um caos.

As pessoas não o suportam mais e promovem piquetes e invasões. Deus não vê a hora de chegar o fim do mês para mandá-lo para o inferno..

Quando Lula, finalmente, se vai, Deus respira aliviado. Mas lá pelo dia 20, começa a sofrer novamente, pensando que dentro de 10 dias terá que voltar a vê-lo.

No primeiro dia do mês seguinte nada acontece e Lula não volta do inferno.

No 5° dia, ainda sem notícias, Deus estava feliz, mas logo começou a pensar que, tendo passado mais tempo no inferno, Lula poderia querer passar dois meses seguidos no paraíso...

Desesperado com a mera possibilidade, Deus decide ligar para o inferno para perguntar ao diabo o que estava acontecendo.

Ring...ring...ring...!!!

Atende um diabinho e Deus pergunta:

"Por favor, posso falar com o Demônio?"

"Qual dos dois?", - responde o empregado - "O com chifres ou o filho da puta sem um dedo?"

Anônimo disse...

Puxa, o caro Davis ( caro nos dois sentidos, tá) faz um post hilário, onde a Copa é uma maravilha mostrada mundialmente em um País dos sonhos, descobre a pólvora ao perceber que a Globo fatura milhões em dinheiro público com ela, e sai cantando vitória baseado em tempo oligopólico na Globo também, e o Jorge Marcelo conta uma piada velha. Lula não é o diabo, é apenas um tosco que presidente deu uma olhadinha melhor para os menos favorecidos.
Faça me o favor, JM
babalu

Anônimo disse...

PS- tempo de propaganda eleitoral oligopólico devido a alianças com partidos que contém Sarney, Roseana, Renan Calheiros, Collor, Maluf, etc etc etc etc...
Pobre Dilma, que ouviu de lula que ela não era conhecida e o PT a fez presidenta.
babalu

Anônimo disse...

Faltou o complemento da piada:
Após a morte de Lula, o PSDB e o PFL/DEM assumem o poder e , na "filhadaputagem" escancarada que lhes é comum,vendem o Brasil.

Anônimo disse...

Excelente artigo Davis Sena Filho. Se coxinhas como esse Jorge Marcelo estão irados é um bom sinal de que o governo do PT priorizou quem deveria priorizar. Um bom sinal de que a mamata do PSDB foi quebrada, dissolvida. É meu caro Jorge Marcelo, o céu tucano virou mesmo um caos. Até o aviãozinho que levava o pó pra consolar a tucanada caiu. Fazer o quê...

j.graciano ivan disse...

Relatou com conhecimento e profundidade o problema do Brasil.Por isso o ödio ao PT.Parte da populaçäo brasileira näo se sente bem,näo aceita,o porteiro viajar para Nova York,o negro ingressar na faculdade e por ai vai.Embalados por uma mïdia vil como no passado,estimulam o preconceito e o ödio. O xingamento a presidente,realmente näo foi sö para ela foi para todos aqueles que hoje conseguem andar de aviäo,estudar,comprar,andar de automövel,etc,etc.... .Fala-se em governo corrupto,a prova,sö existe na mïdia golpista que lava a cabeça diariamente da populaçäo que por sua vez näo encontra tempo ou näo quer acessar a outras mïdias menos tendenciosa e menos parcial que as que servem de referëncia diäria para a lavagem cerebral.O que incomoda na verdade ë a mesma etiqueta do casaco no corpo dos ditos pobres.Nobre elite fütil acustumada aos favores da corte, incapazes de produzir e enriquecer pelo trabalho e competëncia.

Anônimo disse...

Mais um Alice no País das Maravilhas não Divulgadas pela Mídia Golpista.
babalu